Salvador é sede de debates sobre o futuro do turismo

[Por Ministério do Turismo, 30/05/2014]
O ministro do Turismo, Vinicius Lages, participou nesta sexta-feira (30) da 75ª Reunião do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes do Turismo (Fornatur), em Salvador. Na reunião foram debatidas propostas como a aplicação das taxas de embarque no setor turístico e o uso do IOF, o Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguros, para investimentos na promoção do setor no país.
No encontro, Lages ressaltou a importância de criar uma agenda estratégica de turismo. “Desde 2003, quando o Ministério do Turismo foi criado, mais de quatro mil municípios passaram a encarar o setor como uma atividade importante, geradora de emprego e renda. O turismo nacional tem que entrar na agenda econômica”, disse.
A responsabilidade pelo desenvolvimento se constrói em parceria com estados e municípios, de acordo com o secretário nacional de Programas de Desenvolvimento do Turismo, Neusvaldo Lima. “É essencial que os estados elaborem seus planos de desenvolvimento”, disse.
No evento também foi realizada a posse da nova presidente do fórum, Oreni Braga, presidente da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas, a Amazonastur. A presidente ressaltou a importância de desenvolver a pauta do ecoturismo no país. “Temos que aproveitar o potencial dos nossos atrativos naturais e levá-los aos mercados internos e externos”, disse.
Os secretários e representantes estaduais de turismo também debateram ações de promoção e marketing, estruturação do observatório do turismo brasileiro, contas satélites do turismo e investimentos em infraestrutura turística nos estados. Além dos representantes estaduais de turismo e entidades do setor, participaram do evento a chefe de gabinete da Embratur, Kátia Bittencourt, e o secretário de Turismo da Bahia, Pedro Galvão, anfitrião do evento.
Ouça aqui declaração do ministro Vinicius Lages sobre a importância econômica do turismo.