Eventos devem trazer ao Pará mais de 20 mil pessoas até 2018 como resultado da Fita

O Pará deve receber nos próximos quatro anos um público superior a 19 mil e 500 congressistas participantes dos 9 eventos já confirmados para acontecer em Belém. Os números resultam de uma reunião, na manhã desta segunda-feira, dia 9, entre representantes da Companhia Paraense de Turismo (Paratur), OS Pará 2000 e Belém Convention & Visitors Bureau, agendada com objetivo de avaliar a parceria para a realização da Feira Internacional de Turismo da Amazônia (Fita), que a Paratur realizou entre os dias 19 e 23 de maio.
Marcelo Mendes, presidente da Paratur, agradeceu o empenho de todos e avaliou positivamente a parceria.“Os resultados mostram a eficiências das nossas estratégias para trazermos durante a Fita cerca de 20 decision makers (tomadores de decisão) com capacidade de decidir sobre Belém como sede de grandes eventos. Agora vamos realizar reuniões técnicas de trabalho para buscarmos novos eventos nacionais e internacionais”. Afirmou Marcelo Mendes, ao comemorar que só a somatória de participantes dos eventos já confirmados para acontecer entre 2015 e 2018 é de 19.590 pessoas, que representam uma movimentação financeira superior a R$ 44 milhões de reais.
Na ocasião Marcelo também convidou os parceiros da Paratur para uma força tarefa para incluir a estrutura de receptivo de eventos de Belém no Portal Visit Brasil, do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), que acaba de criar uma plataforma virtual para destacaras principais cidades que se candidatam para sediar eventos. A ferramenta, anunciada no dia 20 de maio pela Embratur, durante a IMEX Frankfurt, é voltada exclusivamente para o segmento MICE – Meetings , Incentives, Conventions and Events (Encontros, Incentivos, Convenções e Eventos) e conta com a gerência de Captação de Eventos da Paratur como uma divulgadora junto ao trade do Pará.
Sobre os resultados da Fita, Cesar Coimbra, diretor do Belém Convention & Visitors Bureau, informou que nove eventos que tiveram representantes em Belém durante a programação estão confirmados. São os congressos da Associação Brasileira de Ciência do Solo e Encontro Nacional de Micrologia Ambiental, Congresso Brasileiro de Dor, Encontro Nacional de Matéria Condensada, Também já estão confirmados o Simpósio Brasileiro de Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos,Congresso Brasileiro de Anestesiologia, Congresso Luso-Brasileiro de Direito, Congresso Ibero-Americano de Direito Romano, Congresso Brasileiro de Reconstrução e Alongamento Ósseo. Todos acontecem entre 2015 e 2018, segundo Cesar Coimbra, ao anunciar outros eventos em negociação, que se forem confirmados somarão em torno de 20 eventos no período e uma movimentação financeira superior a R$ 89 milhões e 316 mil reais.
Gabriela Landé, presidente da Para 2000, Organização Social que administra a Estação das Docas, onde a Paratur realizou a Fita 2014, o Mangal das Garças, um dos mais importantes espaços turísticos de Belém e o Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, maior referência do Norte do Brasil como estrutura de sede de mega eventos, ressaltou os benefícios de ações articuladas como a que ocorreu durante a Fita.
“Todos nós temos participação nesse processo. Belém Convention, Setur, Paratur, Belemtur, Para 2000, somos todos parceiros e devemos trabalhar juntos para atrair eventos seja para Belém, ou para o centro de eventos de Marabá, que está em construção”, Lembrou Gabriela.
O grupo se reúne novamente no próximo dia 16, no Hangar para dar continuidade a um planejamento para a captação e receptivo de eventos no segundo semestre.