Ministro abre feira de negócios turísticos em Belém

[Por Ministério do Turismo, 20/05/2014]
A realização da Copa do Mundo representa um momento especial para o turismo do país, pois consolida o trabalho realizado nos últimos 10 anos pelo setor. Com esta fala o ministro do Turismo, Vinicius Lages, fez a abertura da 7ª edição da Feira Internacional de Turismo da Amazônia (FITA) nesta terça-feira (20), em Belém (PA).
Pela manhã o ministro esteve no Espaço São José Liberto, onde ao lado de autoridades locais, abriu a exposição do troféu da Copa, que já passou por 89 países e 20 capitais brasileiras. A cerimônia contou ainda com a presença do ex-jogador e hoje técnico de futebol Charles Guerreiro, além de Roberto Rivelino, campeão mundial no México com a Seleção Brasileira na Copa de 1970.
E segundo o ministro Lages, a capital paraense deve se beneficiar do turismo da Copa, a exemplo do que ocorreu durante a Copa das Confederações, mesmo sem sediar o Mundial.  Isso porque além das cidades-sede da competição, os turistas estrangeiros citaram outros 132 municípios visitados no Brasil, além das sedes, durante o torneio, em junho de 2013.
De acordo com dados do Ministério do Turismo, o país deve receber 600 mil turistas estrangeiros e 3,1 milhões de brasileiros no Mundial que começa daqui a pouco mais de 20 dias. Além disso, estima-se que mais de 3,6 bilhões de pessoas acompanharão o evento pela televisão, celular ou mídias digitais. A Copa terá 73 mil horas de transmissão televisiva para mais de 200 países, e até o momento, a organização conta com 19 mil jornalistas credenciados.
“Vamos realizar uma das melhores Copas já feitas”, disse Lages. Na solenidade de abertura estavam presentes o governador do estado, Simão Jatene; o vice-governador, Helenilson Pontes; o secretário estadual de turismo, Adenauer Góes; e o presidente da Companhia Paraense de Turismo (Paratur), Marcelo José Mendes da Silva.
Clique aqui para ouvir comentário do ministro Vinicius Lages sobre a importância da Copa para a divulgação do país.
A FITA acontece entre os dias 20 e 23 de maio, em Belém (PA), e aproxima fornecedores de produtos turísticos de compradores. A expectativa para este ano é que a feira supere a edição de 2012, que projetou um lucro ao Pará superior a US$ 60 milhões em negócios para o setor.
São esperadas participações de, no mínimo, oito estados do Brasil e de 14 países, com foco principal na qualificação aplicada à excelência na prestação de serviços e comercialização de produtos turísticos. A novidade deste ano é que a feira também vai absorver o Festival Gastronômico Ver-o-Peso da Cozinha Paraense.
Cerca de 17 mil turistas estrangeiros chegaram no Pará em 2012, sendo que a maior parte veio da Europa (9,3 mil), seguido pela América do Sul (4,6 mil).
 
Belém – Bragança
Durante a solenidade, foi assinado pelo ministro, pelo governador e pelos prefeitos da região, um protocolo de intenções para a implantação da rota turística Belém – Bragança. O objetivo é implementar um novo eixo de desenvolvimento turístico em treze municípios nos polos Belém e Amazônia Atlântica por meio da realização de um conjunto de ações integradas com outras secretarias do Governo do Estado e em parceria com os municípios envolvidos.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *