Encatho: Palestra técnica trata sobre boas práticas visando a sustentabilidade

Direto de Florianópolis (SC) – O último painel do segundo dia do Encatho – Encontro Catarinense de Hoteleiros, que segue acontecendo no Centrosul em Florianópolis (SC) abordou o tema “Implementando boas práticas visando a sustentabilidade”, ministrado pela mestre em turismo Fernanda Zanetti e moderado por Luciano Pereira Oliveira, Diretor dos Hotéis Costa Norte.
Fernanda falou sobre quatro pilares que sintetizam, como um todo, a sustentabilidade. O ambiental, que deve ser pensada em como as práticas diárias levam em conta as questões ambientais; o econômico, que mantém o crescimento econômico  ao redor sem extinguir as fontes naturais; o cultural, que reconhece e considera a diversidade dos costumes e tradições de um povo, e o social, que cuida da pessoa humana – o hóspede e o colaborador, no caso da hotelaria.
A profissional falou sobre a importância da capacitação de pessoas em relação à ações sustentáveis e citou o Pronatec – Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico. Neste momento, ela questionou como funcionava em Santa Catarina e Oliveira tomou a palavra. “Aqui temos uma grande oferta de cursos e treinamentos, mas ainda temos poucas pessoas dispostas à fazê-los”, comentou.
Ela ainda abordou a importância das certificações, que devem ser consideradas ainda na fase de implantação dos empreendimentos.  Segundo ela, mudar de atitude é difícil, mas importantíssimo. Citando como case de sucesso, Fernanda citou o hotel Canto das Águas, na Chapada Diamantina (BA), em que todos os colaboradores passaram a praticar as ações do programa de sustentabilidade estabelecido no empreendimento em suas casas. “Isso é o que esperamos dos proprietários, que eles tomem a iniciativa de ensinar aos funcionários a economizarem, reduzindo custos e gerando uma nova forma de pensar”, disse ela.
Por fim, Fernanda lista algumas práticas que os hoteleiros podem seguir para alcançar a sustentabilidade. Entre outras estão a redução do consumo de água e energia, incentivar a produção local, e principalmente aproximar-se do colaborador. “Saiba se seus funcionários saem satisfeitos do emprego, se aquilo é um fardo ou uma satisfação. Cuide das pessoas que mais cuidam do seu negócio”, concluiu.
[Por Revista Hotéis, 03/04/2014]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *