Brasil é líder da América Latina na captação de eventos internacionais

[Por BRASILTURIS JORNAL , 29/04/2014]
O Programa de Apoio à Captação e ou Promoção de Eventos Internacionais foi tema de encontro entre o presidente exercício da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Vicente Neto e o diretor regional para América Latina da ICCA (International Congress & Convention Association), Santiago Gonzalez, durante a feira WTM Latin America, em São Paulo (SP).
“Todos os esforços empreendidos nesse sentido fizeram com que houvesse um crescimento considerável no número de eventos realizados do País. Os megaeventos contribuirão para ampliar o espaço do Brasil no segmento nos próximos anos”, comentou Neto.
O diretor regional da ICCA ressaltou as iniciativas da Embratur para apoiar as entidades públicas e privadas nas ações de captação de eventos internacionais. “Além de estar entre os 10 principais países que mais sediam encontros estrangeiros, podemos observar o trabalho de diversificação dos destinos. Isso fará com que o Brasil continue líder na América Latina”, destacou. Apenas 22 cidades do Brasil realizaram eventos estrangeiros em 2003, o número mais que dobrou em 2012, alcançando a marca de 57 cidades.
Segundo a gerente de Congressos, Negócios e Eventos da Embratur, Maria Katavatis, a diversificação dos destinos é um dos pilares do Programa realizado pelo Instituto. “Os eventos ajudam a enfrentar a questão da sazonalidade, garantindo ocupação mais constante nos hotéis e a movimentação de toda a cadeia produtiva da cidade”.
O presidente em exercício complementou dizendo que, além da grande movimentação financeira gerada pela presença dos visitantes internacionais nos eventos, o País se beneficia em aspectos muitas vezes incalculáveis, referentes à construção da imagem e aos avanços propostos com a realização destes encontros.
 
Programa de Apoio à Captação e Promoção de Eventos Internacionais
 
Em 2013, a Embratur lançou o edital de Chamamento Público para Apoio as Ações de Captação e ou Promoção de Eventos Internacionais da Embratur. Foram apresentadas 27 propostas vindas de vários estados, que totalizaram R$ 6,4 milhões. Destas, nove foram classificadas, totalizando um valor de R$ 1,2 milhão. Das nove propostas classificadas, sete são do Rio de Janeiro (RJ), uma de Salvador (BA) e a outra de Bonito (MS).
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *