6º Salão Mineiro do Turismo é aberto com festa no Minascentro

[Por  Jornal de Turismo, 17/03/2014]
A cerimônia contou com a apresentação de violão e dança do Projeto Céu e Terra. Idealizado por Wilmara Marliere, bailarina, professora e coreógrafa, o projeto já tem 22 anos de estrada e   atende mais de 60 crianças, adolescentes e adultos, em sua maioria deficientes visuais e auditivos de famílias carentes de Belo Horizonte e região. “Devido à utilização de uma técnica única, o projeto alcança também aqueles que não têm deficiência, pois possibilita e estimula a convivência entre diferentes por meio da arte”, explica Wilmara.
Durante a abertura, foi realizada a entrega do certificado do Circuito Turístico do Vale do Jequitinhonha. O Circuito abrange seis municípios: Cachoeira do Pajeú, Coronel Murta, Joaíma, Pedra Azul, Monte Formoso e Jequitinhonha. Depois de certificados, os Circuitos Turísticos são envolvidos em um processo que inclui sinalização turística rodoviária, cursos de capacitação e de melhoria do serviço turístico.
Dezenas de estandes atraem a atenção do público. O da Setes foi ponto de encontro de vários representantes do setor turístico, além de autoridades municipais e estaduais. As atrações culturais também coloriram o evento nesta manhã, como o Grupo Kandoá, da Serra do Cipó.
Para o secretário de Estado de Turismo e Esportes, Tiago Lacerda, o evento é fundamental para alavancar o turismo em Minas Gerais no atual contexto em que o estado está em contagem regressiva para receber o maior evento futebolístico do Planeta. “Durante a Copa, receberemos 120 mil turistas estrangeiros em nosso estado, dentre os quais jornalistas, multiplicadores e prestadores de serviço. Temos uma projeção de que 1,5 milhão de turistas domésticos visitarão Minas durante o Mundial. O Salão é uma oportunidade para troca de experiências, promoção dos roteiros turísticos e de preparação para a recepção dos visitantes que virão ao nosso estado durante o evento esportivo”. Lacerda acrescentou ainda que a Copa do Mundo é a chance de posicionar o estado no cenário internacional, sendo um instrumento fundamental de promoção dos destinos turísticos mineiros. “Vamos aproveitar para mostrar a cara de Minas. Com o Mineirão reformado e considerado o melhor estádio do Brasil, segundo pesquisa do DataFolha, temos capacidade de atrair mais shows internacionais e eventos de grande porte”, diz.
Programação. A programação do 6º Salão inclui a chamada Sessão de Negócios entre operadores Braztoa e receptivos e operadores, promovida pelo Sebrae. Trata-se de uma oportunidade de aproximação das empresas demandantes e ofertantes de produtos e serviços do turismo. A Clínica Tecnológica é outra opção oferecida pela entidade com o objetivo de fornecer soluções para problemas específicos de produtos e processos das micro e pequenas empresas com interesses comuns.
No primeiro andar, o visitante terá os Espaços Vivenciais Temático dedicados a negócios, religiosidade e cultura, aventura e natureza, esportes, café e gastronomia. Os estandes darão lugar a cenários, que permitirão ao público interagir com o que há de melhor nos roteiros de Minas. No mesmo andar acontece ainda o Salão do Conhecimento com participação de nomes de destaque no cenário turístico nacional.  Temas como mercado, inovação, oportunidades e tendências do setor serão discutidos nos dois dias do evento, por meio de palestras, debates e mesas redondas .
Já o segundo andar do Minascentro vai abrigar o Salão dos Destinos que é voltado para promoção e divulgação dos produtos e roteiros turísticos das Associações dos Circuitos Turísticos de Minas Gerais. Os estandes dos circuitos serão distribuídos por seis segmentos: bem-estar, rural, negócios, cultura, natureza, serras e natureza, e águas.
As agências de viagem, operadoras e receptivos turísticos do Programa Minas Recebe também estarão no local, oferecendo aos visitantes sua cartela de produtos e roteiros, promovendo o turismo no Estado e possibilitando a ampliação da presença dos receptivos locais no mercado turístico regional e nacional. Ainda no segundo andar do centro de convenções, o público poderá visitar o Salão Nossas Riquezas, destinado à apresentação das belezas de Minas, incluindo manifestações culturais, artesanato e gastronomia. No local, serão comercializados produtos típicos mineiros e haverá um espaço de convivência com quitutes mineiros, comida de boteco e cachaças de qualidade.
O evento acontece hoje e amanhã em conjunto com o 8º Salão de Turismo da ABAV e o 2º Salão da Gastronomia Mineira. Para obter a programação completa consulte o hotsite: www.salaomineirodoturismo.com.br.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *