Turismo em alta no Amazonas traz oportunidades de negócios

[Por Acritica.com, 16/02/2014]
O Turismo de Negócios foi o maior responsável pelo aquecimento do setor, no final de 2013, em Manaus, segundo a última pesquisa do Instituto Fecomércio de Pesquisas Empresariais do Amazonas (IFPEAM).
Durante a semana DINHEIRO foi até a Fecomércio, responsável pela pesquisa. Verificou que o crescimento se deu no 4º trimestre do ano passado em relação ao trimestre anterior.
A avaliação, que mostra Manaus como uma das melhores rotas para o turismo no País, foi satisfatória tanto na opinião do turista nacional, quanto na do turista estrangeiro, com 91,6% e 95,3%, respectivamente.
No período estudado, os dados da IFPEAM apontaram crescimento de 15% do turismo de negócio na capital amazonense e de quase 50% de alta para a presença do turista estrangeiro em Manaus.
Para o assessor econômico da Fecomércio, José Fernando da Silva, os dados refletem nos investimentos que vem sendo feito no segmento nos últimos anos.
Avaliação
De acordo com a análise dos dados sociodemográficos, observou-se que 55,8% dos turistas nacionais – tanto no turismo de negócios quanto no de ecoturismo – que visitavam Manaus, eram a sua maioria do sexo feminino, na faixa de 26 a 35 anos (47,8%). Sendo 77% de casados, com nível superior ou pós-graduação (44,7%), ou funcionários públicos (18,3%); vindos a maioria da região Norte com 42,1%, Sudeste com 39,7%, seguindo as regiões Nordeste com 10,7% e Sul com 5,8%.
Em relação ao tipo de viagem, observou-se que 50,8% dos turistas nacionais viajavam com a família, 21,3% individualmente e 27,9% em grupo. Já em relação ao turista estrangeiro, a maioria (52,6%) viajava com a família, 36,0% em grupo, e 11,4% viajavam sozinhos. Quando indagados sobre o meio de hospedagem, observou-se que a maioria (42,1%) dos turistas nacionais que visitaram a cidade como lazer preferiu se hospedar na casa de amigos/parentes; já os turistas estrangeiros – a maioria (70,9%)- preferiram os hotéis, principalmente, os de selva.
Na avaliação dos gerentes e empresários ligados ao turismo na Cidade de Manaus, o nível de ocupação das unidades habitacionais no mês de novembro de 2013 comparado a outubro de 2013 foi igual para 39,1% dos entrevistados, superior 52,2%, e inferior para 8,7%.
Terceiro Setor
No Amazonas, o Terceiro Setor, assume posição relevante no desempenho das atividades econômicas, ocupando o primeiro posto na composição da Receita Tributária do Estado. Dados divulgados pela Secretaria da Fazenda do Amazonas (Sefaz-AM), o total de tributos foi da ordem de R$ 8,064 bilhões, sendo que a arrecadação relativa ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços somou R$ 7,425 bilhões. Nesse montante, a participação do comércio de bens e serviços mereceu destaque, pois respondeu pela soma total de R$ 4.043 bilhões, representando cerca de 54,5% da arrecadação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *