Flavio Dino deixa Embratur nesta segunda

[Por Mercado e Eventos, 16/02/2014]

Em nota, o presidente da Embratur, Flavio Dino, anunciou que deixará oficialmente o cargo nesta segunda-feira, dia 17. Às 16h, Dino vai se reunir com os diretores e com o corpo técnico do Instituto para dizer breves palavras de agradecimento.
Na ocasião, o dirigente confirmará sua saída do cargo para concorrer ao Governo do Maranhão, onde lidera as pesquisas eleitoriais. Na mesma ocasião, Flávio Dino, fará um balanço de sua gestão. Ele assumiu o cargo em junho de 2011. Aos 44 anos Dino é advogado e professor de Direito e é ex-deputado federal.
“Um obrigado especial a todos os servidores da Embratur. Foi uma honra chefiá-los e representá-los entre junho de 2011 e fevereiro de 2014”, disse Flavio Dino na nota.
“Registros meus agradecimentos à presidenta Dilma Roussef e a todos os colegas de governo, especialmente Gleisi Hoffman, Mercadante, Aldo Rebelo, Gastão Vieira, Moreira Franco, Marta Suplicy, Alexandre Padilha, José Eduardo Cardoso, Edison Lobão, Luiz Alberto, Fernando Pimentel, Pepe Vargas, Maria do Rosário, que chefiam ministérios com os quais a Embratur manteve ou mantém relações de parceria”, completou Dino.
Coordenando a Embratur há 3 anos, Flávio Dino deixou marcas positivas em sua gestão. Recordes históricos tanto no número de turistas estrangeiros que vieram ao Brasil quanto nos gastos dos turistas no país. Entre suas últimas medidas anunciou o lançamento de uma nova plataforma digital para promover o destino. O “Brasil Home” cujo objetivo é demonstrar ao estrangeiro todas as experiências que ele pode viver ao visitar o país.
Em 2013, o Brasil ultrapassou a marca de 6 milhões de turistas. Esses turistas injetaram, no mesmo ano, mais de 6,7 bilhões de dólares na economia do país. O resultado foi 3% maior que o ano anterior e representou ganhos diretos ao setor, como a manutenção de mais de 10 milhões de empregos na área.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *