COUROMODA 2014 abre o ano de negócios com vendas expressivas para calçadistas brasileiros

[Por Revista Evetos, 20/01/2014]
A 41ª edição da COUROMODA, maior feira de calçados e acessórios de moda das Américas, teve seu encerramento hoje (16), em São Paulo, marcado por vendas positivas para o setor. O evento abriu o calendário de negócios do setor de calçados e recebeu 73 mil loijistas (35 mil visitantes únicos) de todo o Brasil, importadores e empresários, que puderam conhecer as novidades de 2.000 coleções de calçados, bolsas e acessórios.
Levando-se em conta o atual momento econômico, os negócios fechados e encaminhados durante os quatro dias do evento revelaram uma visitação expressiva e de alta qualidade. Para o presidente da COUROMODA, Francisco Santos, “este cenário abre perspectivas de um bom ano de negócios em 2014, com possibilidade de crescimento de 3,5% sobre a produção do ano anterior, que foi de 864 milhões de pares”.
A valorização do dólar frente ao real também contribuiu para aguçar novamente o interesse de compradores internacionais, e a COUROMODA registrou nesta edição importadores de 66 países, o que demonstra sinal positivo para as exportações de produtos com maior valor agregado.
Negócios
Empresas expositoras de todas as regiões do País comemoraram bons negócios fechados na COUROMODA. Com 100% de suas expectativas atingidas, o empresário Jorge Bischoff, dono da marca de mesmo nome, bateu recorde de vendas já no primeiro dia. “Atendemos lojistas de todo o país e também garantimos exportações para os cinco continentes, fortalecemos laços com vários dos 40 países com os quais trabalhamos. A COUROMODA é uma feira efetiva para fechar negócios e vender sapatos”, definiu Bischoff.
Com estande sempre movimentado, a marca Luiza Barcelos também registrou alto número de pedidos durante a COUROMODA. “Fizemos novos clientes, fechamos muitas vendas, inclusive para os Estados Unidos e Rússia. Acredito que o fechamento das vendas da feira vai revelar um crescimento considerável em relação à edição de 2013”, disse Marina Trivelatto, coordenadora de estilo da Luiza Barcelos.
Para a Wirth, marca com 60 anos de tradição na produção de calçados, as vendas também foram aquecidas. “O crescimento de negócios girou em torno de 20%”, comemorou o diretor Fernando Wirth.
Já a Beira Rio, uma das maiores indústrias de calçados do país, aproveitou a feira para consolidar suas posições de vendas e confirmar a entrada em operação, no segundo semestre, de uma nova unidade industrial na cidade de Candelária/RS. “Utilizando mão de obra de excelente qualidade, a fábrica acrescentará um volume significativo de pares à já alta produção da empresa, disse Maribel Silva, diretora de marketing da Beira Rio”.
A próxima edição da COUROMODA já está confirmada para 11 a 14 de janeiro de 2015.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *