Copa pode trazer até 100 mil argentinos ao Rio Grande do Sul

[Por Revista Eventos, 07/12/2013]
A promessa de invasão da torcida argentina à Capital, prevista durante as primeiras fases de compra de ingressos, quando os argentinos optaram na sua maioria por tíquetes do estádio Beira-Rio, se confirmou após o sorteio da Copa. Com a proximidade geográfica, a Secretaria de Turismo (Setur) projeta que a Capital gaúcha receberá entre 80 mil a 100 mil argentinos na Copa. “É a oportunidade de nos consolidarmos como destino, e não apenas como passagem dos argentinos, que vão poder estar conosco e conhecer nossa hospitalidade”, ressaltou a secretária estadual de Turismo, Abgail Pereira.
Promoção turística na Europa
A vinda de seleções europeias tradicionais também deve expandir a divulgação turística no Estado. “Não deixamos de ter o olhar para Europa, com a vinda de países como França e Holanda, para onde podemos nos mostrar no Estado, além dos jogos das oitavas”, ressaltou a secretária. Quatro seleções do continente europeu podem jogar as oitavas de final em Porto Alegre, Portugal, Alemanha, Rússia ou Bélgica.
A expectativa também cercou os argentinos que acompanharam o sorteio. “Vai ser como jogar em casa. Pela proximidade creio que muitos argentinos vão a Porto Alegre. Nós imaginamos desde o começo jogar em Porto Alegre e isso está ajudando muitos argentinos que pretendem assistir os jogos”, afirmou o jornalista argentino Federico Jelic.
As oito seleções que irão disputar a fase de grupos da Copa de 2014 no Rio Grande do Sul foram definidas nesta sexta-feira (06), no Sorteio Final da Copa, na Costa do Sauípe (BA). França, Argentina, Holanda, Nigéria, Coréia do Sul, Austrália, Honduras e Argélia vêm a Porto Alegre para disputar o total de quatro partidas no estádio Beira-Rio. A capital ainda receberá uma partida pelas oitavas de final, cujos times serão definidos após a fase de grupos.
Vinho é atrativo
Os quatro mil participantes do sorteio da Copa do Mundo 2014 podem estar escolhendo os destinos brasileiros que irão visitar, mas já puderam sentir um gosto do RS. O vinho oficial da Copa é um produto da Serra gaúcha e único vinho autorizado a ser servido nos eventos oficiais, como no banquete realizado na quinta-feira (05), na Costa do Sauípe (BA), voltado a autoridades e delegações das 32 seleções participantes do próximo Mundial.
Produzido por uma vínicola de Bento Gonçalves, o vinho Faces, disponível nas versões vinho e branca, homenageia o futebol e o Estado. O vinho tinto é uma seleção de 11 uvas que fazem uma alusão aos onze jogadores de uma equipe. Já o branco homenageia as terras gaúchas ao ser produzido a partir das três uvas mais plantadas no Estado. “Nosso objetivo com esse produto é que as pessoas possam conhecer a qualidade do vinho brasileiro, queremos que as pessoas tenham uma experiência de Brasil na taça”, explica uma das proprietárias da vinícola, Patrícia Carraro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *