A visão do turismo no Brasil é debate no Centrosul (SC)

[Por Promoview, 12/12/2013]
Com casa cheia, o Lide Santa Catarina reuniu autoridades da iniciativa pública e privada num debate em torno do tema “A Visão do Turismo no Brasil em Santa Catarina”, no dia 10/12, em Florianópolis, durante um café da manhã no Centrosul.
O Seminário de Turismo contou com a presença do vice-presidente Comercial e Marketing da Avianca; Tarcísio Gargioni, do secretário de Estado do Turismo, Cultura e Esportes e também presidente da Santur, Valdir Walendovsky; do presidente da Ponta dos Ganchos Resort, Nicolas Peluffo; e do presidente do Lide SC, Wilfredo Gomes.
Com este seminário, o Lide SC encerrou o ciclo de eventos de 2013. Para 2014 estão previstos 14 eventos do Lide realizados mensalmente, a fim de reunir empresários e autoridades públicas para discutir temas de relevância nacional sobre desenvolvimento social e econômico, ética e gestão.
O debate entre representantes públicos do setor turístico e empresários do ramo no País e em Santa Catarina permeou sobre visão do setor passando pela ótica do consumidor e das grandes empresas.
O vice-presidente Comercial e Marketing da Avianca, Tarcísio Gargioni, destacou que o Brasil é o terceiro maior mercado mundial em viagens de avião, com 100 milhões de viagens por ano (90% domésticas e 10% internacionais).
Segundo Gargioni, em 2003, foram realizadas 32 milhões de viagens, sustentadas por uma infraestrutura inadequada, similar há dez anos. Ele acredita que é necessário foco na iniciativa privada para que as melhorias sejam feitas.
“É preciso pensar o Turismo como uma atividade econômica, como um gerador de negócios que crie uma infraestrutura eficiente para que se tenha um crescimento significativo na economia do País”, salientou o representante da Avianca.
Os problemas da descontinuidade da política no Brasil e em Santa Catarina, que acabam refletindo no Turismo no Estado, foram os pontos alertados pelo secretário de Estado do Turismo, Cultura e Esportes, Valdir Walendovsky.
Ele destacou os desafios pelos quais enfrenta o setor, principalmente relacionados a infraestrutura, a capacitação de profissionais e a internacionalização. “Estes são apenas alguns dos inúmeros desafios que o Turismo em Santa Catarina tem a resolver”, finalizou Walendovsky.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *