Preparação de Juiz de Fora para receber eventos impressiona organizadores e promotores de São Paulo

A estrutura e a preparação de Juiz de Fora para receber eventos e negócios surpreenderam organizadores, promotores de eventos e empresários de São Paulo no encontro “Juiz de Fora: Uma Nova Oportunidade Para Seus Negócios e Eventos”. O evento, realizado pela Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) e pelo Sebrae nesta terça-feira, 12, no Espaço Minas Gerais, na capital paulista, teve a presença do prefeito Bruno Siqueira, do secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Geração de Emprego e Renda, André Zuchi, e do secretário de Comunicação Social, Michael Guedes.

O prefeito, os secretários e os integrantes da Rede de Turismo de Negócios e Eventos de Juiz de Fora receberam os convidados com o típico café da manhã mineiro, uma alusão à receptividade e hospitalidade do povo juiz-forano. Bruno Siqueira deu boas-vindas aos presentes e destacou a importância do encontro para o município. “Estamos aqui para apresentar o potencial da nossa cidade e mostrar que estamos preparados para receber eventos que, normalmente, são realizados em grandes metrópoles. A Prefeitura entende a importância desta oportunidade de apresentar Juiz de Fora a esse mercado. Esperamos, em breve, recebê-los”, destacou o prefeito.
Abrindo o evento, o presidente da Associação Brasileira de Empresas e Eventos (Abeoc), Rodrigo Cordeiro, diretor da Acqua Consultoria, falou do importante momento vivido pela cidade de Minas. “Juiz de Fora vive um momento próspero para o setor de eventos, apresentando-se ao mercado de São Paulo como destino de excelência. A presença do prefeito e de seu secretariado mostra o engajamento da cidade e a importância dada ao setor”, disse.
O gerente regional do Sebrae Minas, João Roberto Marques Lobo, ressaltou os motivos pelos quais Juiz de Fora é considerada destino de excelência no segmento. “Hoje os profissionais do trade de Juiz de Fora são competentes e não deixam a desejar para os grandes centros. Esse é um dos motivos que colocam a cidade na rota das melhores para receber turismo de eventos e negócios”, argumentou.
O secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Geração de Emprego e Renda, André Zuchi, apresentou os dados econômicos e a infraestrutura local. Michael Guedes, secretário de Comunicação Social, falou do perfil do município “que faz de Juiz de Fora uma das melhores cidades do Brasil para receber eventos”. Entre os pontos de destaque, Michael abordou o pioneirismo da cidade, a inovação, aglomeração e qualidade de vida. “Ao mesmo tempo em que aproveitamos a proximidade dos grandes centros, vivemos o distanciamento dos problemas comuns nestes”, declarou.
Os dados surpreenderam os promotores de evento presentes, como destacou o presidente da Abeoc de São Paulo, Osvaldo Barbosa: “Estou impressionado com os equipamentos e a preparação de Juiz de Fora para receber eventos. Impressionado com a grandeza da cidade.” Entre os números expostos aos presentes, estão os apresentados pela promotora de eventos Simone Fernandes, que revelaram a diferença de 35% nos gastos para a realização de um evento em São Paulo e em Juiz de Fora.
O encontro também contou com o depoimento de Flávia Rocha, organizadora do concurso “Comida di Buteco”, referência em Juiz de Fora. “Em 25 anos de trajetória é a primeira vez que vejo uma cidade apresentar ao mercado de São Paulo. Em três anos do evento Comida di Buteco em Juiz de Fora, é a cidade com o maior retorno sobre investimento para o concurso”, revelou.
Ao final do evento, os presentes receberam como brindes cervejas artesanais produzidas na cidade, distribuídas pelo Circuito Turístico Caminho Novo. “Juiz de Fora teve a primeira cervejaria artesanal de Minas Gerais. O produto tem tudo a ver com o nosso público: depois dos negócios, os visitantes querem conhecer nossa gastronomia e a cerveja artesanal agrega nesse sentido”, disse a presidente do Circuito, Danielle Feyo.
Para a organizadora de eventos Renata Souza, da empresa Soma, de São Paulo, Juiz de Fora está preparada. “Não conhecia Juiz de Fora. Achei o evento muito interessante, com informações que eu não tinha. Os valores são bem atrativos”, salientou.


Organizadores fazem avaliação positiva da apresentação de Juiz de Fora ao mercado de eventos de São Paulo

Organizadores do encontro “Juiz de Fora: Uma Nova Oportunidade Para Seus Negócios e Eventos”, realizado na última terça-feira, em São Paulo, avaliam de forma positiva o contato com o mercado de eventos da capital paulista. Iniciativa inovadora realizada por uma cidade do interior, Juiz de Fora mostrou seu potencial e a preparação que a fazem reconhecida pelo Governo do estado de Minas Gerais como destino indutor do turismo regional, com vocação para o segmento de eventos e negócios. O encontro foi realizado pela Prefeitura de Juiz de Fora em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae), apoio da da Associação Brasileira das Empresas de Eventos (Abeoc).
Segundo a chefe do Departamento de Incentivo ao Turismo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Geração de Emprego e Renda (Sdeer), Tatyana Herdy Hill, a ação colocou Juiz de Fora “na vitrine do maior centro econômico do país”. Para ela, o trabalho integrado da Prefeitura e iniciativa privada foi um fator importante para o sucesso do evento. “Foi um passo estrategicamente planejado junto a todo o trade local, com a certeza de que estamos prontos para apresentar uma estrutura de qualidade, profissionalismo e hospitalidade a empreendedores interessados em realizar eventos na cidade”, ressalta. “Temos muito trabalho pela frente com excelentes expectativas”, completa.
Para o promotor de eventos Emerson Laender, o encontro despertou nos organizadores de São Paulo a possibilidade de considerar Juiz de Fora como local para a realização de seus eventos. “A cidade tem atrativos como o baixo custo e menos problemas que os grandes centros, como nas questões de logística e mobilidade urbana”, pontua. “Agora, precisamos manter contato com esses organizadores, apresentando nossas empresas e nos colocando à disposição.”
A avaliação é ratificada pelo analista do Sebrae, Gustavo Magalhães. “Atingimos nosso objetivo de fazer essa primeira incursão em um novo mercado e tivemos uma receptividade muito grande dos empresários, que perceberam o potencial da nossa cidade. Feito o contato, iniciamos um trabalho de aproximação desse mercado de eventos para concretizar negócios. O papel de fomento e estímulo foi cumprido. Agora, temos pela frente uma etapa empresarial”, acredita.

Novo impulso ao turismo de eventos.

Durante a apresentação de Juiz de Fora ao mercado paulista, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Geração de Emprego e Renda, André Zuchi, falou dos projetos que vem sendo desenvolvidos pela Prefeitura, buscando melhorar o ambiente de negócios para o setor de turismo em Juiz de Fora. “Estamos fechando um projeto de revisão da questão tributária, além de uma simplificação dos processos para autorização dos eventos”, revelou. O secretário disse, ainda, acreditar na estruturação do setor, “que gera emprego, renda e divisas para o município”. “O próximo passo é replicar a ação nos outros dois grandes centros de eventos e negócios: Belo Horizonte e Rio de Janeiro”, destaca. Para Zuchi, a Prefeitura tem pela frente o desafio da consolidação da ação com a atração de negócios do setor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *