O Momento do Turismo Gaúcho e o 25º Festuris

[Por Revista Eventos, 13/11/2013]
O Festival do Turismo de Gramado, realizado de 7 a 10 de novembro, é um dos maiores da América Latina em um dos setores que mais crescem no Brasil. Os números da 25ª edição do evento apontam 14 mil visitantes profissionais (agentes e operadores de viagens, hoteleiros, imprensa e representantes em geral), com 2.500 expositores numa área de 17 mil m². Segundo estimativa da Fundação Getúlio Vargas (FGV) repassada à Secretaria Estadual do Turismo e divulgada durante o festival, em termos de empregos gerados o turismo respondeu por 4,2% dos postos de trabalho gaúchos em 2009 e em 2012 esse valor teria passado para 4,5%. Do PIB do Rio Grande do Sul, 3,3% provêm do turismo, gerando um valor na ordem de R$ 8,4 bilhões. O RS contribui com 6% do PIB turístico brasileiro (cujo valor é R$ 139,8 bilhões) e em termos do total nacional de postos turísticos de trabalho a contribuição gaúcha é de 5,7%.
“O Festuris é um fator de desenvolvimento para o turismo gaúcho. Nas feiras nacionais, comenta-se que em volume de negócios é um dos eventos mais significativos do país. Além de transmitir autoconfiança aos empresários da região, o festival de Gramado também é um ponto de encontro do Mercosul, com todos os benefícios econômicos e culturais que isso significa. Além de contribuir para o bem-estar social, trata-se de um potente promotor da nossa cultura, realimentando assim um círculo virtuoso”, afirma a secretária estadual do Turismo, Abgail Pereira que recebeu varias homenagens durante o festival, como Amiga do Turismo, do próprio Festuris, o Personalidade do Turismo pela ABEOC e ABIH e o Prêmio Brocker, da Brocker Turismo.
Fazendo um balanço do Festuris, a presidente da Associação Brasileira de Empresas de Eventos (ABEOC), Anita Pires, declarou: “O setor de turismo de negócios vive hoje um momento único e positivo, e este evento mostra a força dos eventos corporativos na economia mundial, tanto que cresceu 14% apenas em 2013. Ano que vem com certeza estaremos apresentando novas ideias no Festuris, assim como a ação inovadora da SETUR/RS em apostar na constituição do Comitê MICE”. O presidente da seção gaúcha da Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV) Danilo Martins deu ênfase ao congresso e as capacitações do Festival: “O nível de informação e de organização do evento são espetaculares. As palestras e salas de capacitações sempre apresentaram informações pertinentes e assuntos visionários no nosso setor turístico, isso tudo abordando sempre o lado profissional do segmento”.
“O turismo foi percebido pelo poder público há pouco tempo. O Ministério do Turismo tem apenas 10 anos. O nosso papel de poder público é induzir e acelerar esse crescimento. E temos feito isso: organizamos a primeira Conferência Regional do setor, o primeiro Plano Diretor, realizamos já algumas demandas desse, programas prioritários de fomento para infraestrutura, qualificação de serviços, promoção e apoio à comercialização de produtos e destinos. Criamos também o primeiro marco legal para uma política pública permanente, aprovando a Lei do Turismo do Estado do Rio Grande do Sul, que consolida o sistema de gestão, o Plano Diretor do Turismo e institui a marca turística Rio Grande do Sul – Um Grande Destino. É um legado de longo prazo”, conclui Abgail Pereira.
A Setur-RS organizou a participação do Rio Grande do Sul, que pela primeira vez foi Estado Anfitrião do Festuris, vitrine disputada por todas as unidades da federação. Em razão disso, realizou na noite de abertura do evento a Festa das Festas, reunião de atrações de representações de festivais e eventos turísticos de diferentes portes de várias regiões gaúchas, que foi bastante elogiada pelo público do Festuris. Essa oportunidade resultou do bom momento do turismo gaúcho, como demonstra o estudo da FGV, entende Abgail Pereira. A secretaria ainda realizou capacitação para agentes estrangeiros, lançou o projeto do Comitê MICE (Meeting Incetives Congress & Events), destinado a fomentar o turismo de eventos empresariais e institucionais, e seu novo site (www.turismo.rs.gov.br). Também foram apoiados o próprio Salão MICE, uma inovação desta edição do Festuris, com estande e programação com oito palestras e workshops sobre esse segmento específico, e o Salão do Enoturismo, criado em 2012.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *