​MTur destaca Anhembi (SP) como um símbolo do turismo de negócios

[Por M&E, 20/11/2013]
A cidade de São Paulo celebra nesta quarta-feira (20) os 43 anos do maior centro de eventos da América Latina, o Anhembi, que ao longo de quatro décadas contribuiu, em grande parte, para elevar a capital paulista ao posto de maior receptora de turistas de negócios do país, segundo o Estudo da Demanda Turística Internacional, do Ministério do Turismo. São Paulo é também a porta de entrada para a maior parte (48,3%) dos turistas estrangeiros que visitam o Brasil, motivados pela realização de eventos e negócios.
O complexo do Anhembi vai ficar ainda mais moderno. O Ministério do Turismo está investindo R$ 60 milhões, como parte da verba do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), em reformas como a nova pavimentação do piso e a adaptação das calçadas quem dão acesso à entrada principal. O Anhembi recebe por ano cerca de 50 feiras de negócios ou eventos, além de shows musicais, congressos e outras atividades, de acordo com a SPTuris.
“O turismo de negócios é fundamental para movimentar a economia do país. O Ministério do Turismo tem investido R$ 381 milhões na construção e reforma de centros de eventos espalhados pelo Brasil para criar um ambiente favorável e estimular a atividade”, afirmou o ministro do Turismo, Gastão Vieira.
O segmento de negócios e eventos é um dos mais importantes para a economia turística do país: está na primeira posição entre os que mais aumentaram seu faturamento em 2012 e cresceu 23,3% em relação ao ano anterior, de acordo com a 9ª Pesquisa Anual de Conjuntura Econômica do Turismo (Pacet), realizada pela Fundação Getúlio Vargas. O turista de negócios gasta, em média, US$ 127 por dia, quase duas vezes mais que o turista de lazer.
O turismo de negócios vem crescendo e alçou o Brasil ao 7º lugar no ranking da Associação Internacional de Congressos e Convenções (Icca, em inglês), e único representante da América do Sul na lista. O país subiu de 304 para 360 eventos internacionais no passado.
“Precisamos cada vez mais nos consolidar como um país de negócios, temos boa infraestrutura como o Riocentro e o Parque de Exposições do Anhembi e estamos fazendo obras em 11 centros de convenções pelo país, num investimento total de R$ 461 milhões”, afirma o secretário nacional de Programas de Desenvolvimento do Turismo, Fabio Mota.