Turismo de Bem-Estar gera US$ 439 bilhões no mundo

[Por Panrotas, 11/10/2013]
Um estudo apresentado no congresso de Turismo de Bem-Estar (Global Wellness Tourism Congress – GWTC ) mostrou que o turismo de bem-estar representa 14% do total das receitas do turismo mundial, que é de US$ 3,2 trilhões. De acordo com o relatório “A economia global do Turismo de Bem-Estar”, a categoria deverá crescer, em média, 9,9% ao ano nos próximos cinco anos, passando dos atuais US$ 439 bilhões para US$ 678,5 bilhões em 2017, ou 16% do total das receitas do turismo.
Os turistas de bem-estar gastam, em média, 130% a mais do que o turista médio global. O estudo também observou que, até 2017, mais da metade do crescimento do turismo de bem-estar virá da Ásia, América Latina, mercados africanos e do Oriente Médio/Norte e Índia. O estudo foi realizado pela SRI International, em conjunto com o Global Spa & Wellness Summit(GSWS). O estudo é o primeiro a avaliar e analisar esse segmento de turismo.
Vocação
Apesar de ser um setor promissor, um empreendimento não deve implantar serviços de bem-estar se isso não for coerente com a cultura do hotel. Durante palestra realizada na última edição da Equipotel, o consultor e diretor de Marketing da ABC Spas, Antônio Novaes, falou sobre o assunto.