Estrangeiros visitaram 20 cidades mineiras durante a Copa

[Por MTur, 08/10/2013]
Pelo menos 20 cidades de Minas Gerais foram visitadas pelos estrangeiros que estiveram no Brasil durante a Copa das Confederações. Além da capital, os visitantes estiveram em cidades históricas como Ouro Preto e Mariana, Poços de Caldas, conhecida pelas suas águas termais, Carangola, que abriga o Parque Nacional do Caparaó, Sete Lagoas, que abriga um roteiro de grutas bastante conhecido, entre outras. As distâncias variam entre 70 Km a 450 Km da capital mineira.
A pesquisa do Ministério do Turismo sobre a demanda turística internacional durante a Copa das Confederações, realizada em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE) , mostrou que o evento promoveu uma movimentação turísticas e econômica em diversas regiões, e que muitos aproveitaram a estada para conhecer o Brasil. Além das cidades sedes do evento: Brasília, Salvador, Recife, Fortaleza, Belo Horizonte e Rio de Janeiro, os turistas transitaram por mais de 130 cidades brasileiras.
Segundo o secretário nacional de Políticas de Turismo, Vinícius Lummertz, os grandes eventos que o Brasil terá daqui para frente vão impulsionar de forma bastante significativa o turismo e economia do país. “Toda a cadeia econômica, hotéis, restaurantes, transporte e cultura serão beneficiados”, diz ele.
A pesquisa do MTur mostrou ainda que 70% dos turistas estrangeiros tiveram as suas expectativas atendidas ou superadas em relação ao país e que 75,8% pretende retornar para a Copa do Mundo de 2014.
Cidades de Minas visitadas pelos estrangeiros e distâncias em relação a BH
Itaobim – 614 km
Mariana – 110 km
Nova Serrana – 1123km
Ouro Preto – 98,3 km
Poços de Caldas – 465 km
Sabará – 21km
Santa Rita do Sapucaí – 404 km
Belo Horizonte – 0 km
Brumadinho – 56 km
Capitão Andrade – 485 km
Carangola – 350 km
Contagem – 14,6 km
Diamantina – 296 km
Gonzaga – 300 km
Ipatinga – 220 km
São José da Barra – 330 km
Sardoá – 335 km
Sete Lagoas – 73 km
Uberlandia – 535 km
Virginópolis – 285 km

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *