Embratur oferece R$ 3 milhões para divulgar Festas Juninas

[Por Aquarela 2020, 07/10/2013]
A Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) publica, na quarta-feira (09), o edital de chamamento público para seleção de projetos para apoio à promoção turística das festas juninas. No valor total de R$ 3 milhões, o edital apoiará propostas com valores entre R$ 100 mil e R$ 300 mil que venham de entidades de turismo estaduais, municipais e do Distrito Federal.
“Com a realização da Copa do Mundo em junho, será uma excelente oportunidade para diversificar a imagem que o estrangeiro tem da cultura brasileira”, afirma o presidente da Embratur, Flávio Dino. “Além do Carnaval, do qual temos muito orgulho e queremos que continue sendo um dos nossos principais produtos, temos outros festejos bem enraizados em nossa cultura”.
Na avaliação de Dino, a consolidação das festas juninas como um produto turístico de caráter internacional também contribuirá para incentivar a entrada de turistas em um mês tradicionalmente de baixa temporada.
O prazo para inscrição e envio das propostas ao SINCOV (Sistema de Convênios e Repasses do Governo Federal) começa na próxima quinta-feira, 10 e termina no dia 24 de outubro. A publicação do resultado final das propostas será no dia 26 de novembro.
Ao final do cadastramento no SINCOV, a entidade proponente deve obrigatoriamente, enviar mensagem para a Embratur informando o status da proposta. O email utilizado deverá ser: festasjuninas@embratur.gov.br .
A Embratur apoiará projetos de produção de material promocional, campanhas publicitárias e realização de eventos no exterior. As ações devem ser efetuadas nos países prioritários para a estratégia promocional da Embratur. São eles: Portugal, Itália, Espanha, França, Alemanha, Holanda, Reino Unido, Canadá, México, Peru, Venezuela, Colômbia, Argentina, Uruguai, Chile e Paraguai.
Festas Juninas
Em uma reunião com secretários de Turismo e Cultura de estados do Norte e Nordeste, realizada em abril deste ano, o presidente da Embratur acertou um plano de promoção para as festas juninas. “Pesquisas evidenciam que, para o turista estrangeiro, a cultura do Brasil é um dos principais atrativos que temos. Talvez somente o Carnaval se iguale às Festas Juninas como um fenômeno tão marcadamente brasileiro e, ao mesmo tempo, muito diverso em cada região, o que faz com que cada destino turístico tenha um atrativo especial para mostrar”, afirmou Dino.
A política promocional das Festas Juninas foi lançada em agosto, na cidade de Roma, em plena Piazza Navona, com apresentação do grupo Boi de Morros, do Maranhão. Na ocasião, a Embratur serviu ao público presente um cardápio com pratos típicos do período, como pé de moleque, cocada, bolo de fubá, arroz de carreteiro, entre outros.
Também no Goal to Brasil Colômbia, realizado em setembro, a Embratur levou uma quadrilha junina, desta vez, da cidade de Palmas (TO). O grupo Cafundó do Brejo apresentou-se no evento de encerramento do Goal to Brasil. “A Embratur está com ações alinhadas para transformar as festas juninas em um produto consolidado no exterior. Precisamos acrescentar ao imaginário coletivo mundial uma nova imagem do Brasil que são nossas festas juninas. Queremos que o turista estrangeiro associe o Brasil também como esses festejos, assim como faz com o carnaval”, ressalta a diretora de Mercados Internacionais, Leila Holsbach, que está na Colômbia acompanhando o evento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *