Diversificação e comercialização marcam Goal to Brasil

[Por Aquarela 2020, 11/10/2013]
Diversificação de produtos turísticos para os profissionais e informações detalhadas sobre o país e sua capacidade para receber grandes eventos. Estes foram os diferenciais da edição do Goal To Brasil – Encontros Brasileiros, que aconteceu ontem (10), em Los Angeles, nos Estados Unidos. “Este foi mais um evento onde pudemos confirmar que eventos exclusivos sobre o Brasil trazem resultados bastante positivos”, destacou o coordenador-geral do Mercado Americano da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Alexandre Nakagawa.
Com programação adequada às demandas do mercado, o Goal To Brasil realizado em Los Angeles, que será sede de um dos três novos Escritórios Brasileiros de Turismo (EBT’s) nos Estados Unidos, contou com a participação de mais de vinte jornalistas na coletiva de imprensa. O novo formato, que contempla a realização de encontros de negócios entre as empresas estrangeiras e destinos e empresas do Brasil, proporcionou mais de 80 reuniões. “Esta é mais uma oportunidade da Embratur de promover o país e também de gerar um ambiente de comercialização para os co-expositores brasileiros”, explicou Nakagawa.
Durante o encontro com a imprensa, Nakagawa ressaltou a importância do mercado norte-americano para a promoção do Brasil. “Os Estados Unidos são o segundo país emissores de turistas ao Brasil, ficando atrás apenas de nossos vizinhos argentinos. Em 2012, foram 587 mil visitantes, e hoje, este grande interesse pelo Brasil se comprovou com os números das vendas de ingressos para a Copa do Mundo de 2014. Os Estados Unidos superaram a Argentina na procura. Foram mais de 374 mil solicitações”. A abertura do evento também contou com a presença do cônsul do Brasil em Los Angeles, Bruno Bath.
Os jornalistas foram apresentados aos novos produtos turísticos do Brasil, com destaque para os segmentos de Ecoturismo e Aventura. Segundo o diretor de Marketing da Secretaria de Turismo do Estado do Rio de Janeiro, Guto Graça, esta edição do Goal To Brasil superou todas as expectativas. “As reuniões das rodadas de negócios foram bastante produtivas. Pude inserir no mercado novos destinos, além do Sol e Praia”, explicou.
Vivências – O evento foi finalizado com o Vivências Brasileiras, que levou o balé Flor do Cerrado, do Distrito Federal, para a apresentação cultural. Composto por doze dançarinos de diversas manifestações populares, o espetáculo fez um passeio ao “Brasil Junino”, valendo-se das mais célebres composições do repertório musical nordestino, como: Pau de Arara (Luiz Gonzaga), Petrolina Juazeiro (Banda de Pífano de Caruaru), Feira de Mangaio (Clara Nunes), Olha que isso aqui tá muito bom (Gonzaguinha), Frevo Mulher (Amelinha), Pagode Russo (Luiz Gonzaga), Missa do Vaqueiro (Luiz Gonzaga).
As festas juninas estão no cesto de produtos turísticos promovidos pela Embratur internacionalmente. Na última quarta-feira (09), o Instituto publicou o edital de chamamento público para seleção de projetos para apoio à promoção turística das festas juninas. No valor total de R$ 3 milhões, o edital apoiará propostas com valores entre R$ 100 mil e R$ 300 mil que venham de entidades de turismo estaduais, municipais e do Distrito Federal. O prazo para inscrição e envio das propostas ao SICONV (Sistema de Convênios e Repasses do Governo Federal) termina no dia 24 de outubro. A publicação do resultado final das propostas será no dia 26 de novembro.