Cidades-sede discutem consumo e turismo

[Por Aquarela 2020, 30/09/2013]
Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, foi a primeira cidade-sede da Copa do Mundo a receber a série de reuniões do Comitê Técnico de Consumo e Turismo. Na pauta da reunião, que ocorreu na última sexta-feira (27), foram discutidas a qualidade dos serviços que atendem a cadeia do turismo, como a hospedagem, os transportes aéreos e rodoviários e a alimentação.
A comissão comandada pela Secretaria Nacional de Defesa do Consumidor (Senacon) do Ministério da Justiça, conta com a participação da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) e do Ministério do Turismo. Entre os objetivos do grupo está a orientação aos órgãos e às entidades envolvidas com o setor turístico sobre como lidar com eventuais conflitos nas relações de consumo que envolvem os turistas, principalmente durante a Copa 2014.
“O nosso país está passando por um período de grande exposição, principalmente em razão dos megaeventos. Assim, os governos nas esferas federal, estadual e municipal e o setor privado devem alinhar a melhor forma de atender o turista estrangeiro que chegar ao Brasil”, explicou Walter Ferreira, assessor da presidência da Embratur, que representou o Instituto, no Comitê.
A secretária da Senacon, Juliana Pereira, afirmou que um dos desafios do grupo é combater a prática dos preços abusivos em hotéis e em outros serviços durante a Copa. “O nosso objetivo é conscientizar que não é essencial ganhar muito dinheiro em um período curto de tempo. Esta prática pode marcar negativamente o Brasil. Queremos que os setores envolvidos com o Mundial tenham sensibilidade para entender que a construção de imagem para o Brasil é o maior legado dos grandes eventos”, argumentou a secretária.
A Embratur está empenhada para cumprir uma das suas competências normativas e cobrar do setor turístico a excelência na prestação de serviços. Em março, o Instituto abriu espaço, durante a assembleia da Anseditur (Associação Nacional de Secretários e Dirigentes de Turismo das Capitais e Destinos Indutores), para a secretária do Senacon/MJ, Juliana Pereira, apresentar o projeto das câmaras de defesa do consumidor voltadas para o turismo.
O Comitê Técnico de Consumo e Turismo faz parte do Plano Nacional de Consumo e Cidadania (Plandec) e é coordenado pelo Ministério da Justiça. O grupo é composto por membros do Ministério do Turismo, Secretaria de Aviação Civil, Ministério da Saúde, Ministério dos Transportes, Embratur, Anac, Infraero, ANTT e Anvisa. O Plandec foi lançado pela presidenta Dilma Rousseff, no mês de março, e traz um conjunto de medidas para garantir a melhoria na qualidade de serviços e dos direitos dos consumidores.
Até dezembro serão mais 11 reuniões. A próxima está marcada para o dia 03 de outubro, no Rio de Janeiro. Veja o calendário do Comitê de Consumo e Turismo nas cidades-sede:
03/10 – Rio de Janeiro (RJ)
08/10 – Cuiabá (MT)
10/10 — Porta Alegre (RS)
15/10 – Brasília (DF)
17/10 – Manaus (AM)
29/10 – São Paulo (SP)
04/ 11 – Fortaleza (CE)
12/11 – Salvador (BA)
13/11 – Recife (PE)
02/12 – Curitiba (PR)
09/12 – Natal (RN)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *