Municípios da costa da Mata Atlântica conhecem ações da Embratur

[Por Aquarela 2020, 06/09/2013]
Os secretários de turismo das nove cidades da Costa da Mata Atlântica, no litoral de São Paulo, conheceram, na manhã desta sexta-feira, 6, as estratégias da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) para promoção do Brasil no exterior. O encontro, promovido pelo Santos e Região Convention & Visitors Bureau, na sede da entidade, teve como objetivo aproximar os governos municipais da esfera federal, para desenvolver ações regionais de divulgação da região no exterior.
O diretor de Produtos e Destinos da Embratur, Marco Lomanto, e a gerente de Congressos, Negócios e Eventos, Maria Katavatis, apresentaram dados do turismo nacional, com foco no legado deixado pelos megaeventos no país. Os secretários de turismo também conheceram as metas da Embratur para entrada de turistas internacionais no Brasil até 2020, com especial atenção aos períodos da Copa e das Olimpíadas. Além disso, Lomanto abordou como o Instituto está promovendo esses eventos e mostrando a diversidade dos destinos brasileiros para os estrangeiros.
Para o diretor da Embratur, a iniciativa do Santos e Região Convention & Visitors Bureau em reunir os órgãos de governo dos municípios e empresários das cidades será um marco para o desenvolvimento turístico da região. “Acreditamos que a união entre as cidades da Costa da Mata Atlântica impulsionará a região como produto turístico no mercado internacional”, afirmou Lomanto.
Ao final do encontro, Maria Katavatis reforçou que cada município da Costa da Mata Atlântica pode gerar benefícios com o legado deixado pelos eventos e com as ações desenvolvidas pela Embratur. Lomanto complementou que a Copa do Mundo, realizada em 12 cidades-sede, será uma oportunidade ímpar para que as cidades próximas colham os legados dos grandes eventos. “Estamos promovendo, no mercado internacional, diversos destinos capacitados a receber o turista estrangeiro”.
Após a explanação, os secretários de turismo puderam interagir e expor seus anseios aos representantes do instituto, que se colocaram à disposição para auxiliar na promoção de ações de divulgação da região e seus atrativos, como o futuro Museu Pelé, que será instalado em Santos, e a Plataforma de Pesca de Mongaguá, considerada a maior em concreto armado do mundo.
Alex Mendes, presidente do Santos e Região CVB, encerrou o encontro otimista em relação aos resultados positivos que deverão acontecer para a região a partir da aproximação com a Embratur. “Precisamos pensar em ações que beneficiem toda a região e as portas que a Embratur está nos abrindo são fundamentais, principalmente porque temos duas cidades candidatas à cidade-base de delegações na Copa da Mundo”.
Santos e Região Convention & Visitors Bureau
O Santos e Região CVB é uma entidade sem fins lucrativos, de atuação regional, formada e mantida por empresários interessados no desenvolvimento da Costa da Mata Atlântica (denominação turística da Baixada Santista, formada pelos municípios de Bertioga, Cubatão, Guarujá, Santos, São Vicente, Praia Grande, Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe). A entidade mantém convênios com as prefeituras da região e tem como principal objetivo o fomento do turismo regional, por meio da promoção da Costa da Mata Atlântica em todo o Brasil e no exterior, captação de eventos e realização de projetos voltados ao desenvolvimento do turismo local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *