Embratur apóia Curta o Nordeste

[Por Aquarela 2020, 11/09/2013]
Com mais de 5 mil fãs apenas no dia de lançamento, o perfil CurtaNordeste no Facebook pretende trazer mais informações, imagens e curiosidades sobre os nove estados da região, estimulando o turismo para Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe. Além do perfil na rede social mais popular do Brasil, o projeto conta com uma revista que será distribuída periodicamente pelos estados.
O projeto atende justamente a região do Brasil em que o turismo tem um peso econômico maior. Segundo dados do Ministério do Turismo, em 2012, o setor respondia por quase 10% do PIB (Produto Interno Bruto) do Nordeste. Ou seja, de cada R$ 10 em riquezas geradas nos nove estados, R$ 1 estava ligado à cadeia do turismo.
O presidente da Embratur, Flávio Dino, esteve presente ao evento de lançamento, na 41ª Feira das Américas da Abav (Associação Brasileira das Agências de Viagem) e garantiu o apoio na divulgação do projeto. Dino elogiou o trabalho da CTI-Nordeste, liderado atualmente pelo secretário de Turismo de Pernambuco, Alberto Feitosa. “É emocionante ver as possibilidades que o turismo projeta de desenvolvimento econômico para uma região do país que sempre conviveu com profundas desigualdades em relação ao restante do país e dentro dela mesma”, afirmou Dino.
Alberto Feitosa destacou o ineditismo da ação. “Foi a primeira vez em que os estados se uniram para apresentar uma campanha integrada de divulgação e ficamos feliz com a recepção ao projeto”, afirmou o presidente do CTI-Nordeste.
Embratur ampliou investimentos na região
A divulgação no exterior das belezas naturais e da riqueza cultural do Nordeste brasileiro ganhou reforço por parte da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo). O órgão vem reforçando os investimentos nessa área, visando intensificar o fluxo turístico para a região e, consequentemente, estimular a economia da região – a mais beneficiada pelo turismo no Brasil. O valor investido pela Embratur em ações de fortalecimento da imagem da região Nordeste em 2012 foi de aproximadamente R$ 21 milhões. Em 2011, o investimento na região havia sido de R$ 14,8 milhões.