Convênio amplia divulgação nacional do Destino Sergipe

[Por Agência Sebrae, 30/08/2013]
Os empresários do setor turístico contam agora com um importante auxílio para ampliar a presença de visitantes no Sergipe. É que o Sebrae no estado, a Empresa Sergipana de Turismo (Emsetur) e a Associação Brasileira da Indústria Hoteleira Seccional (ABIH/SE) assinaram nessa quinta-feira (29) um convênio para a implementação do projeto Promoção Nacional do Destino Sergipe.
A proposta prevê a realização, até o mês de novembro, de uma série de ações a fim de aumentar a ocupação hoteleira e gerar negócios para os estabelecimentos que atuam nos setores do comércio e serviços. Serão investidos mais de R$ 150 mil na realização de Encontros Empresariais em 11 cidades consideradas polos do turismo e nas regiões com potencial ainda inexplorado, além de capacitações dos agentes de viagem que atuam nessas áreas e ações de publicidade.
“Esperamos que essa parceria possa ser revertida em benefícios para todos aqueles que atuam no setor turístico e contribua para a manutenção dos postos de trabalho abertos anteriormente. Estamos à disposição das entidades para desenvolver ações que dinamizem a nossa economia”, explica o superintendente do Sebrae em Sergipe, Lauro Vasconcelos.
A primeira atividade será promovida no próximo dia 2 de setembro, durante a Feira Nacional das Américas, em São Paulo. Estão previstas ainda ações em Alagoas, Pernambuco, Rio de Janeiro, Goiás e no Distrito Federal. A meta do projeto é ampliar em 10% a ocupação dos hotéis até julho de 2014. De acordo com o secretário estadual do Turismo, Élber Batalha Filho, a formalização da parceria entre as três entidades é apenas uma das estratégias que estão sendo adotadas pelo governo para tentar reverter a queda no fluxo de turistas registrada este ano.
“Investiremos outros R$ 600 mil na divulgação dos nossos atrativos no mercado regional, enfatizando a facilidade de deslocamento do público até Sergipe, proporcionada pelas pontes Joel Silveira e Gilberto Amado”. Para a diretora da ABIH/SE, Daniela Mesquita, as perspectivas para o setor nos próximos meses são animadoras. “Estamos promovendo esse trabalho agora para colhermos os resultados já no próximo período de alta temporada. Acreditamos que todos serão contemplados com as conquistas”.
Opinião semelhante tem o proprietário do Hotel Águas Marinhas, Manuel Lisboa. “Estamos vivendo um momento atípico, já que depois de três anos consecutivos com elevadas taxas de ocupação nos hotéis, registramos uma queda considerável na presença de turistas em nossos estabelecimentos. Precisamos reverter essa situação e o convênio será muito importante para isso”.