Aeroportos brasileiros passam no teste para a Copa

[Por Aquarela 2020, 10/09/2013]
A Embratur e a Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República entregaram hoje os troféus para os ganhadores do 1º Prêmio Boa Viagem. Os vencedores foram escolhidos em pesquisa de opinião realizada com 4.084 turistas que visitaram o Brasil durante a Copa das Confederações e a Jornada Mundial da Juventude. O aeroporto melhor avaliado em cada categoria recebeu uma placa do prêmio.
Salvador foi o aeroporto com melhor avaliação dos turistas, obtendo nota média de 7,29 em uma escala de 0 a 10. No quesito “Recepção ao Turista”, o mais bem avaliado foi o aeroporto de Brasília. Confins, em Belo Horizonte, recebeu o maior número de prêmios, sendo eleito o melhor em “Restituição de Bagagem”, “Controle Aduaneiro, “Controle Migratório” e “Check-in”. O Galeão, no Rio de Janeiro, foi o mais bem avaliado no quesito “Inspeção de Segurança”.
O ministro da Aviação Civil, Moreira Franco, destacou a melhora média dos índices, como a redução em 10% do tempo de restituição de bagagem nos aeroportos. Para o presidente da Embratur, Flávio Dino, o prêmio é um importante estímulo aos trabalhadores que se dedicam à gestão dos aeroportos no Brasil. “É um estímulo a mais para que todos continuemos trabalhando para trazer mais turistas ao nosso país e, assim, trazer mais divisas para a economia”, afirmou Dino.
Aeroportos obtêm melhor nota
Os aeroportos brasileiros já foram o item mais bem avaliado em pesquisa feita com turistas estrangeiros que vieram ao Brasil para a Copa das Confederações. Os estrangeiros que vieram para a competição que antecede a Copa do Mundo avaliaram os aeroportos brasileiros com nota média 7,8 – em uma escala de zero a 10. Foi a melhor pontuação obtida pelos itens da infraestrutura turística do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *