Bito defende na CNT criação de Comissão Intersetorial para o setor

[Por Mercado & Eventos, 01/08/2013]
O presidente da Bito, Salvador Saladino, também participou da reunião do CNT e aproveitou a presença dos representantes de vários setores para oficializar a escolha das entidades que participarão da “Comissão Intersetorial para o Turismo Internacional de Lazer”. Saladino explicou que na última reunião do Conselho ele fez a proposta de criar esta comissão e hoje foram decididas as instituições, que totalizam dez: Embratur, Bito, Fornatur, Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil, Abav Nacional, Braztoa, Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação, ABIH Nacional, Resorts Brasil e Confederação Brasileira de Convention & Visitor Bureaux.
De acordo com o mentor da Comissão, a proposta é trabalhar todos juntos. “Precisamos parar de olhar para o próprio umbigo e passar a trabalhar em conjunto”. De acordo com Saladino, cada um pode fazer uma análise sobre os problemas do turismo de lazer e procurar a solução em parceria com os diversos setores.Para o presidente da Bito, atualmente o maior problema está nos serviços e hotéis, seguido pelas dificuldades com o aéreo, que atualmente responde por até 70% dos custos do pacote de turismo. “É um problema que atinge todo mundo, por isso devemos falar a mesma língua e perguntar: O que podemos fazer? Onde estamos e onde queremos chegar?”.