Programa de Regionalização do MTur atualizará regiões turísticas do Pará

[Por Agência Pará, 25/06/2013]
O Programa de Regionalização do Turismo no Brasil foi apresentado aos membros do poder público e da iniciativa privada, que compõem o Fórum de Desenvolvimento Turístico do Estado do Pará (Fomentur), na tarde desta segunda-feira, 24, na Associação Comercial do Pará (ACP). O programa, composto por oito eixos de operação de diretrizes, foi apresentado pelo coordenador de Ordenamento Turístico do Ministério do Turismo (MTur), Philippe Fauguet Figueiredo.
Ele informou que o programa fará uma atualização das regiões turísticas do Pará, que hoje são seis: Belém, Marajó, Tapajós, Araguaia Tocantins, Amazônia Atlântica e Xingu. A regionalização tem como diferencial a produção de um diagnóstico para categorizar as regiões turísticas brasileiras e elaborar um plano de ações específicas que beneficie o turismo de cada região segundo a realidade local.
O coordenador apresentou também os oito eixos de atuação do Programa: Gestão descentralizada do Turismo; Planejamento e posicionamento de mercado; qualificação dos serviços e da produção associada; empreendedorismo, captação e promoção de investimento; infraestrutura turística; informação ao turista; promoção e apoio à comercialização; e monitoramento de estudos e resultados do programa, inclusive com a medição da satisfação do turista. Philippe ressaltou a importância do aumento da rede para regiões e municípios pouco assistidos com interlocutores estaduais e a criação de um comitê administrativo que inclui iniciativa pública e privada.
O programa trabalha desde a elaboração de estudos estratégicos para fortalecimento da política de turismo, integrado ao Sistema Nacional de Turismo, até o monitoramento desses estudos analisando a oferta e demanda do local. A qualificação profissional foi outra vez colocada em debate, ressaltando a importância do cadastro no Sistema de Cadastro dos Prestadores de Serviço Turístico (Cadastur). Tópicos como o incentivo ao empreendedorismo e promoção de investimentos, infraestrutura de acesso e equipamentos urbanos para a atividade turística, a boa comunicação com os turistas, incentivo a campanhas promocionais e o monitoramento final das ações foram abordados de forma mais breve por Philippe Figueiredo.
Conforme o secretário de Estado de Turismo, Adenauer Góes, o programa é a atualização de uma política pública que ajudou a definir os produtos turísticos do estado. Para o secretário, a visita de Philippe Figueiredo ao Pará serve para trocar ideias e mostrar como o MTur está ser posicionando dentro do processo de atualização de política pública, que aumentou o fluxo de turistas na capital e nos demais municípios do estado. O representante da ONG Argonautas, José Maria, elogiou o novo programa do Ministério do Turismo: “Algumas das propostas eram um anseio nosso. Uma das questões principais que foram abordadas eram as estratégias de ações regionais”.
Ainda durante a 70ª reunião do Fomentur, o secretário adjunto de Turismo do Pará, Álvaro do Espírito Santo, leu uma carta em homenagem ao doutor Carlos Ribeiro, que faleceu neste mês de junho. O doutor Carlos Ribeiro teve papel importante no turismo paraense. Trabalhou na antiga Cruzeiro do Sule também foi dono de hotel e guia turístico, função que melhor desempenhava.
Fita 2014 será em abril – A Diretora de Marketing da Paratur, Jacqueline Alves, anunciou mais uma edição da Feira Internacional de Turismo do Pará (Fita) e trouxe uma novidade no cronograma: o evento irá ocorrer de 24 a 27 de abril de 2014, em função da realização da Copa do Mundo.
Congresso nacional em 2017 – A diretora de produtos turísticos da Secretaria de Estado de Turismo (Setur), Conceição Silva da Silva, aproveitou para falar sobre a parceria com a Amazon Sat e ressaltou a importância do Pará no cenário amazônico. A diretora falou sobre projetos de gastronomia com chefs regionais e nacionais em Belém e no Rio de Janeiro e anunciou o 57º Congresso Nacional de Ginecologia e Obstetrícia, para 2017, que estima receber oito mil turistas em Belém. A confirmação do evento foi comemorada pelos integrantes da reunião. Adenauer Góes completou: “Se estivermos juntos seremos tornaremos mais fortes as ações de promoção do turismo”, argumentou.