Dourados/MS promove Festival Gastronômico para fomentar economia local

[Por Capital News, 10/06/2013]
O prefeito de Dourados, Murilo Zauith (PSB) apresentou nesta segunda-feira (10) o projeto do primeiro Festival Gastronômico Sabores de Dourados. O evento será de 14 de junho a 14 de julho e 15 restaurantes vão participar do festival que promete fomentar a economia local.
“Queremos estimulas as pessoas a saírem de casa neste período de inverno, saborear os pratos e criar uma discussão sobre os gostos e sabores”, afirmou Zauith. Para a secretária de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Neire Colman, o festival será um marco para o município. “Será uma importante ferramenta de apoio às micro, pequenas, médias e grandes empresas”, ressaltou Colman.
Murilo destacou a importância de Dourados como polo regional de serviços, o que gera uma grande demanda na hotelaria e restaurantes. Neire Colman lembrou que a cidade tem dois mil leitos de hotelaria, com ocupação girando em torno de 70% a 80%. Eles também destacaram o fato de muitas famílias estarem se alimentando em restaurantes diariamente por causa da agenda de compromissos cada vez mais apertada.
Festival – Participam do festival o Kanôa Restaurante e Pesqueiro, com o prato Pacu Pizza; Kikão Restaurante com o Pintado de Dourados; Boa Brasa Restaurante com o prato Porção da Casa; Restaurante Villas com o Peixe Villas; Espetinho do Eusébio concorre com o prato Picanha na Chapa com Alho; Paladar Restaurante com o prato Costela Bovina Desossada Assada; Lokau Restaurante com o prato Maionese de Mandioca; Barão Botiquim concorre com o prato Carne Seca com Mandioca Soutê; Regis Restaurante com o prato Filé de Jacaré à moda da Casa; Cantina Mato Grosso com o prato Picanha na Pedra à Moda; Cozinha Mineira concorre com o Feijão Tropeiro; Utida Sushi Bar com o prato Yakissoba ao Molho; Quiosque Chopp Brahma com o prato Matula Pantaneira; Brunos Grill com o prato Sopa Paraguaia Bruno’s Grill; e Grill de Ouro com o prato Escondidinho de Carne Seca.
Para ajudar a avaliar os pratos, as pessoas devem ir aos restaurantes participantes no período do festival, consumir o prato inscrito para concorrer e dar notas que serão depositadas na urna instalada em cada local. Nos restaurantes os consumidores vão encontrar um cardápio com todos os pratos concorrentes, podendo escolher onde fazer a próxima refeição.
Os pratos serão avaliados por dois júris, um técnico formado por especialistas do Senac e outro popular, com notas dadas pelos clientes nos restaurantes, após consumirem os pratos. Ao dar a nota, o consumidor faz um breve cadastro e concorre a uma viagem de sete dias a Maceió (AL) com acompanhante, oferecida pela Yantur. Já o restaurante que tiver prato escolhido ganhará um aparelho de TV de led.
O festival é organizado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável. Além da Yantur, também é parceiro do evento o Senac, nesta segunda e terça-feira oferece o curso de higiene na manipulação de alimentos para os funcionários de restaurantes participantes do festival.
O objetivo do festival é escolher o melhor prato do ano, fomentar os negócios locais e criar opção de lazer para a família douradense, aumentar as vendas e a renda dos restaurantes e ainda criar atrativo turístico local e regional, fomentando o turismo de eventos, que é a vocação de Dourados. Durante a apresentação à imprensa, Neire Colman anunciou que a Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável já trabalha no planejamento de um outro festival, em janeiro, como o tema “Comida de Boteco”, para incentivar o consumo num período de menor movimento nos restaurantes.