Encontro aborda investimentos turísticos no Brasil

[Por MTur, 17/05/2013]
Informações sobre como ter um negócio próprio bem-sucedido, em turismo, e as linhas de crédito disponíveis para o setor foram assuntos em destaque na oficina “Empreendedorismo e Promoção de Investimentos”, que integrou a programação do Encontro Nacional de Turismo nesta quinta-feira (16), em Brasília (DF). O secretário Executivo do Ministério do Turismo, Valdir Simão, deu as boas-vindas aos participantes da mesa de debates.
O analista de Acesso ao Mercado e Serviços Financeiros do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Lúcio Pires, destacou que “os grandes eventos esportivos são excelentes oportunidades para os brasileiros criarem seu próprio negócio”, porque aumenta o número de turistas e a circulação de dinheiro dentro do país. Segundo Lúcio, setores como hotelaria, comércio, entretenimento e transporte aéreo estão entre os que mais crescem durante esses megaeventos internacionais.
O assunto foi debatido também pela analista de Assuntos de Mercado do Sebrae, Patrícia Mayana, que apresentou características de competitividade essenciais para a abertura e sucesso de um negócio próprio. “Hoje o desejo dos brasileiros de ter o próprio negócio é maior que fazer carreira em um emprego”, disse. Ela orientou, em linhas gerais, quais são os pré-requisitos para fazer um negócio em turismo dar certo: “persuasão, rede de contatos, estabelecimento de metas, busca constante de informações sobre clientes, fornecedores, concorrentes e sobre o próprio negócio” estão entre as regras de ouro, segundo orientações da analista do Sebrae.
O coordenador-geral de Promoção de Investimentos no Turismo (DFPIT) do Ministério do Turismo, Daniel Vieira, apresentou as linhas de crédito disponíveis , hoje, para custeio de empreendimentos do setor. Vieira também relatou o trabalho do ministério na promoção de investimentos turísticos no país, além de citar importantes recomendações aos empresários e futuros empreendedores: “a captação de investimentos presume a elaboração de um projeto adequado e a divulgação de informações confiáveis aos investidores”, orientou.