Embratur quer atrair mais cruzeiros para o Brasil

[Por Aquarela 2020, 13/05/2013]
A Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) estará presente, pela primeira vez, na Seatrade Latin America, que acontece entre amanhã e quarta-feira (14 e 15), em Viña del Mar, no Chile. “O evento reunirá os destinos e fornecedores da região para promover o desenvolvimento do setor de Cruzeiros na América Latina. Nosso objetivo, ao participar da feira, é buscar novos negócios para o Brasil”, explica o presidente da Embratur, Flávio Dino.
Segundo Dino, a presença do Brasil na Seatrade é justificada pelas estratégias adotadas pela Embratur para elevar o número de turistas provenientes da América do Sul. “Queremos avançar na captação dos viajantes dos países vizinhos, e o evento permitirá que nossos co-expositores promovam seus produtos diante dos principais operadores do mercado, por meio de reuniões pré-agendadas. Também será uma oportunidade de diversificar nossos produtos”.
Dentro do segmento, o nicho de cruzeiros é um dos que registram maior índice de crescimento na indústria turística nacional. Nos últimos anos, a atividade teve crescimento exponencial de 623% e expansão média de 33% ao ano. O Brasil é o único país da América do Sul que integra os 40 destinos mais procurados no ranking da Organização Mundial do Turismo. O país ocupa o quinto lugar no ranking mundial da CLIA – Cruise Lines International Association.
Os destinos brasileiros de cruzeiros são: Maceió, Macapá, Manaus, Salvador, Ilhéus, Fortaleza, Vitória, Belém, Santarém, Recife, Fernando de Noronha, Rio de Janeiro, Angra dos Reis, Cabo Frio, Búzios, Paraty, Mangaratiba, Natal, Florianópolis, Itajaí, Porto Belo, São Francisco do Sul, Ilhabela, Santos e Ubatuba. “Na presente edição, será lançada a candidatura de três destinos brasileiros para captar o evento para 2014: Florianópolis, Salvador e Rio de Janeiro”, ressaltou o presidente.
As perspectivas de crescimento da Embratur são otimistas. “Possuimos um litoral de 7.367 quilômetros de extensão, 35 mil quilômetros de vias internas navegáveis, 9.260 quilômetros de margens de reservatórios de água doce, como hidroelétricas, lagos e lagoas, além do clima ameno. Precisamos aproveitar essa grande vocação”, disse Dino.
O perfil do turista de cruzeiros é composto por pessoas de mais de 40 anos, com elevado poder aquisitivo, em busca de segurança, agilidade e conforto. Eles também têm pouca disponibilidade de tempo e por isso, buscam viagens que buscam o maior número de atrativos. Desses, 75% retornam ao destino por via aérea e, na maioria das vezes, com a família.
Seatrade 2013
A convenção de 2013 abordará desafios importantes para o desenvolvimento da indústria, incluindo discussões sobre: impostos, tarifas portuárias, infra-estrutura, extensão e aproveitamento de itinerários e maximizará as oportunidades das fontes de mercado da América Latina.