Beleza que cresce: número de estabelecimentos destinados ao consumo de produtos e serviços de estética no País teve aumento

[Por Diário da Manhã, 27/05/2013]
As clínicas de estética e os salões de beleza fazem parte de um mercado que não para de crescer. De acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), o Brasil é o terceiro maior mercado de beleza, atrás apenas dos Estados Unidos e do Japão. A região Centro-Oeste representa 10,3% do setor no País.
Segundo informações da Central Mailing List, o número de estabelecimentos destinados ao consumo de produtos e serviços de estética no País teve um crescimento de 250% desde 2009. Na época havia 59 mil empresas no Brasil, e em 2011 o número superou 206 mil.
Isso se deve ao desenvolvimento da indústria, a adesão de novas tecnologias em tratamentos estéticos, ao surgimento de novos empreendedores no País e ao aumento de adeptos preocupados em melhorar, manter, cuidar ou até mesmo transformar a aparência. “As pessoas querem se sentir melhor, veem a importância da imagem. Hoje não é só questão de vaidade, é necessário cuidar da imagem, principalmente para se apresentar ao mercado de trabalho. Isso reflete no crescimento do número de salões”, explica o cabeleireiro, exemplo de empreendedorismo de beleza em Goiânia, proprietário da rede Subeauty, Suemar Borba.
O setor investe cada vez mais em pesquisas de produtos e novidades para o consumidor, e percebe o retorno. Pesquisa realizada pelo Órgão de Proteção e Defesa ao Consumidor de Goiás (Procon- GO) mostra que no Estado, os gastos com produto de beleza podem representar até 17% do salário mínimo do consumidor. Ainda segundo a pesquisa, os cosméticos básicos para o consumo dos goianos são: condicionador, xampu, creme para pentear, kit de tintura, protetor solar, creme hidratante e gel fixador.
Evento
De olho na expansão do ramo da beleza no Brasil, a Qualidade Eventos Especiais e a M2 do Brasil Consultorias em Eventos, em parceria com a Secretaria de Estado de Indústria e Comércio/Governo de Goiás (SIC), o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), promovem o 1º Congresso Hair Professional and Esthetic do Estado de Goiás. Apoiam o evento a Associação Comercial, Industrial e de Serviços do Estado de Goiás (Acieg), Aprobeleza, a Associação Brasileira de Empresas de Eventos de Goiás (ABEOC-GO) e o Goiânia Convention.
O congresso que acontece do dia 27 a 29 de outubro de 2012, em Goiânia, no Centro de Convenções, das 9 às 20 horas, tem como objetivo proporcionar um ambiente de qualificação, aperfeiçoamento, atualização e relacionamento. “O evento vai vir acrescentar à classe da beleza. Goiânia está muito bem servida de profissionais, mas a nossa alternativa é buscar qualificação fora. Com um evento como este é possível se aperfeiçoar em Goiás”, afirma Suemar Borba.
A abertura oficial do evento acontece hoje, às 9h30 da manhã. No sábado aconteceram atividades pré-evento, um curso e dois minicursos da área de estética. “Além da feira de produtos, oferecemos palestras e workshops, esperamos 1.000 participantes”, informa a diretora da Qualidade Eventos Especiais, Fernanda Cury.
“A promoção da beleza e a educação dos profissionais está chegando aos quatro cantos do Brasil. Um evento como este mostra que os profissionais de beleza de Goiás estão ganhando e vão ganhar cada vez mais espaço no mercado”, afirma Paulo Persil, cabeleireiro nacionalmente premiado e conhecido como o mago das noivas e dos penteados, que fará um show na abertura do evento com lançamento de tendências de penteado para 2013.
A programação da área de estética começa hoje e prolonga até a Jornada Dermato Funcional, na segunda-feira. O Congresso de Estética conta com palestrantes como Prof. Dr. Jones Agne e Orlando Sanches.
Crédito
A Secretaria de Estado da Indústria e Comércio (SIC) tem uma novidade para o segmento de beleza. Uma nova linha de crédito foi lançada pelo governador no Plano de Ação Integrada de Desenvolvimento (PAI) Economia, o Credibeleza. A linha é destinada a empresas e indústrias da área de beleza e estética com taxas de juros baixas, de 0,5% a.m. e sem burocracia.
Durante o evento, a SIC estará em seu estande oferecendo informações e produtos. Será ofertado também um curso em formato especial, de seis horas, divididas em dois dias, que é um dos pré-requisitos para ter acesso ao crédito.