Novo estudo do MTur mostra que o brasileiro viaja mais de avião no país

[Business Travel, 17/04/2013]
O brasileiro está viajando cada vez mais de avião dentro do país. É o que mostra estudo do MTur – Ministério do Turismo consolidado em março de 2013, com base em dados da Infraero. De 2011 a 2012, o crescimento no número de desembarques domésticos foi de 79.244.256 para 85.471.710, um aumento de 7,86%. Os números apresentados reforçam que há um aumento no trânsito de brasileiros dentro do país. “O brasileiro nunca viajou tanto quanto em 2012”, observa o ministro do Turismo, Gastão Vieira. “O desafio é transformar esses deslocamentos na ampliação de consumo de serviços de turismo.”
O aumento exponencial nos últimos anos foi impulsionado pelo crescimento do poder de compra da classe C, pela queda dos preços das passagens aéreas, junto com uma maior facilidade de financiamento dos bilhetes aéreos e aperfeiçoamento dos programas de milhagem. Considerando as viagens domésticas, que incluem deslocamentos de carro, ônibus e avião, o aumento também é significativo. O estudo do MTur aponta que de 2007 a 2012 o número de viagens domésticas subiu 26,3%, para 197 milhões (não foi divulgada a variação entre 2011 e 2012).
O principal motivo das viagens é de lazer, dentro do próprio estado, ou seja, são passeios de curta distância. O meio de transporte mais utilizado pelos viajantes é o carro próprio. Na região Sudeste predomina este tipo de viagem, com 40,8%, seguida do Nordeste com 25,8% e Sul com 17,7%. O período de maior fluxo de viagens é o de férias, nos meses de dezembro, janeiro, fevereiro e julho. As principais regiões receptoras de turistas são o Sudeste, com 36,5%, seguido do Nordeste, com 30% e o Sul com 18,5%. O número de turistas enviados do Sudeste ao Nordeste é o dobro do enviado do Nordeste ao Sudeste. E o turista do Sudeste gasta, no Nordeste, três vezes mais do que o nordestino no Sudeste.