FBHA terá acesso ao banco de dados de negociação coletiva da CNC

[Por FBHA, 26/04/2013]
A informação foi dada durante a reunião ordinária da Comissão de Negociação Coletiva do Comércio (CNCC), da CNC, realizada no último dia 18, em Salvador. Paralelo à reunião, foi realizado também o Encontro Regional de Negociadores, onde foram apresentadas diversas palestras, além de um painel sobre a cartilha de negociação coletiva da CNCC pelos advogados da Divisão Sindical da CNC, Lidiane Duarte Nogueira e Alain Alpin Mac Gregor.
Lidiane listou todos os princípios de negociação expostos na cartilha, dentre eles o da autonomia, transparência, razoabilidade, igualdade, paz social e da boa fé. A cartilha contem conceitos básicos, questões práticas, estratégias, aspectos comportamentais, éticos, jurídicos e a história da negociação coletiva. Os anexos contemplam súmulas do TST, legislação pertinente do tema, entre outras informações.
Durante o encontro foram apresentados ainda painéis sobre o panorama da negociação coletiva no Brasil e as súmulas do TST pelo ex-ministro do TST, Vantuil Abdala; negociação coletiva no âmbito do Sicomércio por Francisco Valdeci de Sousa Cavalcante e Luiz Gastão Bittencourt da Silva; cases sobre negociação colertiva po Regina Celi Reis de Almeida Queiroz e Ivo Dall-Acqua Jr; e por fim, uma palestra sobre os aspectos comportamentais da negociação coletiva e oficina de negociação apresentadas por Alencar Naul Rossi e Magnus Ribas Apostólico.
A consultora Raquel Corazza, que representou a Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA) durante o encontro, apresentou proposta de alteração do texto da regulamentação da Comissão para aprimorar o texto sobre as deliberações do Conselho.
A Comissão de Negociação Coletiva do Comércio (CNCC) foi instalada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) em 12/09/2012, com o objetivo de promover intercâmbio de informações e ações em prol do aperfeiçoamento dos processos de negociação coletiva no âmbito da representação sindical do comércio de bens, serviços e turismo.