Encontro Sebrae 2014 de Negócios aproxima empresários

[Agência Sebrae, 16/04/2013]
Sebrae no Distrito Federal promove nos dias 24 e 25 de abril o III Encontro Sebrae 2014 de Negócios – Oportunidades e Finanças. O evento tem como objetivo aproximar empresários que pretendem ampliar as chances de negócios em razão dos megaeventos esportivos realizados em Brasília a partir deste ano. Esse é o terceiro encontro de uma série preparatória para a Copa do Mundo FIFA 2014. As inscrições podem ser realizadas pelo site www.df.sebrae.com.br
Ao todo, serão realizadas três Rodadas de Negócios e quatro encontros que aproximam micro e pequenas empresas de grandes empresas compradoras, com a possibilidade de efetivação de vendas e fechamento de negócios. São esperadas 40 empresas âncoras e 114 ofertantes. Participam empresários dos segmentos priorizados pelo programa Sebrae 2014: construção civil, madeira e móveis, moda, comércio varejista, serviços, turismo, tecnologia da informação e comunicação, economia criativa e agronegócios.
Na última edição, foram prospectados R$ 2,5 milhões em negócios. “Desde 2010, micro e pequenas empresas estão se preparando para ter acesso a grandes canais de compradores. Da mesma forma, é interessante que empresas maiores possam negociar com empresários preparados pelo Sebrae no Distrito Federal”, ressalta a coordenadora do programa Sebrae 2014 no DF, Jackeyline Mapurunga.
Durante o evento, os empresários recebem orientações sobre serviços financeiros, linhas de crédito e financiamento. Entre os destaques da programação está a participação da jornalista Ana Paula Padrão na abertura, que falará sobre o empoderamento feminino e homenageará as empresárias que fazem parte do programa Sebrae 2014. O economista Eduardo Gianetti ministrará palestra sobre o cenário econômico brasileiro e as oportunidades de negócios geradas por megaeventos esportivos.
“Ao promover o acesso à informação e novas possibilidades de negócios, o Sebrae facilita a realização de investimentos nas micro e pequenas empresas e, assim, os empreendedores podem aproveitar as oportunidades decorrentes da Copa do Mundo antes, durante e principalmente depois do evento”, finaliza Jackeyline Mapurunga.