O futuro chega mais cedo em São Paulo

[Por Informativo Rebouças, nº 18, fev. 2013]
Começou 2013 e já é o momento de traçar os planos para… 2017. Para garantir a realização de um evento a cada seis minutos na metrópole, entidades como o São Paulo Convention & Visitors Bureau (SPCVB) adiantam o relógio. Resultado: já estão programados 36 grandes congressos e reuniões nacionais e internacionais para os próximos cinco anos.
Com essa antecipação, centros de convenções e fornecedores de equipamentos e serviços para eventos podem colocar em prática planejamentos de médio e longo prazo para captar novos clientes. “Não há segredo. Nossa equipe preconiza a proatividade, valendo-se de relacionamentos constantes com o mercado e de uma detalhada pesquisa para detectar eventos potenciais para a metrópole”, destaca o presidente executivo do SPCVB, Toni Sando.
Outra vantagem é o acesso privilegiado ao banco de eventos no padrão da ICCA – International Congress and Convention Association. A partir dos eventos cujas sedes têm maior rotatividade, tem início a prospecção. Desde então, a entidade elabora relatórios específicos para o organizador daquele evento, apresentando as credenciais do destino São Paulo. Auxilia também os promotores de um congresso paulista, o que pode atrair para a cidade sua versão brasileira, continental e mundial.
O SPCVB ainda mobiliza sua equipe em uma programação de encontros com entidades setoriais e órgãos de fomento. “Já promovemos reuniões de relacionamento em outras capitais brasileiras, muitas vezes articuladas com apoio dos associados atuantes naquela região. Todos se impressionam com o potencial da metrópole e o plano de longo prazo da entidade. Com previsibilidade, o sucesso é garantido”, conclui Sando.