Embratur irá monitorar preços de hotéis dos principais destinos brasileiros

[Por Revista Hotéis, 16/10/2012]
A Embratur ─ Empresa Brasileira de Turismo irá no próximo ano divulgar pesquisas referentes aos preços de hotéis cobrados nas dez principais cidades turísticas brasileiras em duas vertentes: Negócios e Lazer. O resultado das pesquisas será disponibilizado a cada seis meses pela empresa e o primeiro deverá sair na primeira semana de 2013.
De acordo com a assessoria de imprensa, a Embratur pretende monitorar os preços de hotelaria e compará-los com 10 cidades turísticas de outros países, também nas duas categorias, e confrontar os dados para ver como estão os preços brasileiros. Um dos objetivos deste trabalho é resguardar a imagem do Brasil no exterior.
O monitoramento dos preços começou no último dia 2 de outubro. Dentre as cidades contempladas para serem avaliadas na categoria de Negócios estão: Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Recife, Curitiba, Belém, Salvador e Fortaleza. Já para Lazer os destinos são: Rio de Janeiro, Salvador, Fortaleza, Recife, Florianópolis, São Paulo, Manaus, Natal, Foz do Iguaçu e Gramado.
A comparação entre os valores cobrados no Brasil com o exterior na área de negócios, a Embratur elegeu para análise: Santiago do Chile, Buenos Aires, Nova Iorque, Paris, Londres, Tóquio, Viena, Dubai, Milão e Frankfurt. E, para Lazer: Santiago do Chile, Buenos Aires, Nova Iorque, Paris, Londres, Miami, Sydney, Barcelona, República Dominicana e Cancún.
A cada semestre, a Embratur realizará um Fórum de Competitividade para apresentação e análise das informações da pesquisa, juntamente com outros órgãos como o Ministério do Turismo, o Ipea e Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado
Copa das Confederações
De acordo com o Presidente da Embratur, Flávio Dino, o monitoramento vai coincidir com o período dos eventos esportivos realizados no Brasil entre 2013 e 2016. “Para que os eventos tenham efeitos positivos para o turismo a longo prazo, precisamos também assegurar a atratividade e manutenção do País como um destino competitivo também em termos financeiros no cenário mundial”, comentou.
O evento mais próximo será a Copa das Confederações que ocorrerá no Brasil entre os dias 15 e 30 de junho do ano que vem, nas cidades de Brasília, Belo Horizonte, Fortaleza, Salvador, Recife e Rio de Janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *