Bahia ganha mais 14 projetos de legados sociais para a copa 2014

[Por Secopa, 25/10/2012]
A sociedade baiana conheceu hoje (25/10), os 14 projetos aprovados de cursos de qualificação profissional e/ou ações socioeducativas, referentes ao Projeto Legados Sociais para a Copa 2014. A cerimônia de assinatura do termo de responsabilidade, que deu início as atividades, aconteceu pela manhã, no Cerimonial Rainha Leonor (Pupileira).
Participaram do evento o Secretário Estadual da Copa, Ney Campello, a Vice-Reitora da Universidade Estadual da Bahia (UNEB), Adriana Mármori, que na ocasião representou o reitor da instituição, o provedor da Santa Casa da Misericórdia, José Antônio Rodrigues Alves, e o Coordenador Geral do Projeto Legados Sociais da Copa 2014, Luiz Firmino Soares Neto.
Realizado pela Secretaria Estadual para Assuntos da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 (Secopa) e pela Universidade Estadual da Bahia (Uneb), o programa tem como objetivo a elaboração e implantação de um conjunto de projetos e ações socioeducativas, culturais, ambientais e regionais, nos seguintes eixos temáticos: Educação, Esporte e Cultura; Geração de Emprego e Renda; Direitos Humanos e Cidadania; Meio Ambiente e Saúde, todos visando à promoção de legados socioeconômicos.
Com investimento de R$ 700 mil, os projetos serão aplicados aos seguintes eixos de ações, nos municípios citados: Meio Ambiente e Saúde (três projetos) Salvador e Maraú; Educação, Cultura e Esporte (sete projetos) Salvador; Trabalho e Geração de Emprego e Renda (três projetos) Salvador e São Francisco do Conde; e Cidadania e Direitos Humanos (um projeto) Salvador.
Durante sua saudação, a Vice-Reitora da Uneb, Adriana Mármori, anunciou que a execução do Projeto Legados Sociais será feita até dezembro de 2013 e atenderá cerca de 7.800 pessoas.
Já o Secretário Ney Campello, ressaltou que uma Copa já começou na Bahia: Existe outra Copa em jogo que é a das pessoas, da oportunidade única e singular. A Copa dos legados depende de cada um de nós.
Campello explicou o objetivo da celebração do convênio com a UNEB: Celebramos esse convênio porque queremos que a sociedade tome conhecimento de que podemos aproveitar a janela de oportunidades da Copa, para oportunizar legados ambientais, culturais e socioeducativos.
Projetos
Ansiosa para iniciar as atividades do projeto aprovado que proverá um Curso de Formação de Protetores Ambientais e será executado pelo Instituto de Ciências Gênesis, a representante legal, Célia Melo, afirmou que o principal objetivo é formar multiplicadores para a preservação ambiental na península de Maraú, um dos destinos turísticos da Bahia. Com a Copa do Mundo, a cidade ficará mais acentuada e, com certeza, virá muita gente de fora conhecer a região, destacou Célia.
Dentre os projetos está Olhar dos Dedos, que será executado pela Santa Casa da Misericórdia e está previsto para acontecer a partir de dezembro desse ano. A iniciativa proporcionará a duas mil pessoas com necessidades especiais, do Instituto Baiano de Cegos, participar de uma exposição sobre as últimas 10 Copas do Mundo e o Mundial de 2014, que acontecerá no Brasil.
Para a responsável pelo projeto, Jane Palma, o convênio, estabelecido entre a Secopa e a UNEB, é de grande importância, pois além de agregar valores socioculturais, também apóia trabalhos acadêmicos.