Estado e Prefeitura do Rio contra ilegalidade no turismo

[Por Panrotas, 14/09/2012]
Quarenta e um profissionais, 12 viaturas e dois reboques da Prefeitura e do Estado deram início na manhã desta sexta-feira (14) à Operação Turismo Legal, realizada no Pão de Açúcar, na capital fluminense. O objetivo foi acabar com a informalidade e dar maior segurança aos turistas.
Durante a operação, os fiscais da Setur-RJ abordaram 16 empresas de turismo e 12 guias. Desse total foram entregues seis notificações que alertam as empresas da necessidade de comparecer à Turisrio para o cadastro dos empreendimentos e prestadores de serviços turísticos, a fim de regularizar a situação.
O secretário de Estado de Turismo, Ronald Ázaro, que comandou a operação, destacou a importância do trabalho e ressaltou a necessidade dessas ações se tornarem rotineiras. “A Operação Turismo Legal tem como objetivo principal prevenir e educar os prestadores de serviços turísticos. A nossa intenção é trazer tranquilidade e segurança não só para os turistas, mas também para aqueles que trabalham na legalidade. Hoje acredito que quase 50% das pessoas trabalham na informalidade no turismo”, destacou Ázaro.
A fiscalização contou com representantes da Secretaria de Estado de Turismo e sua vinculada Turisrio, Secretaria Municipal de Transporte, Secretaria Municipal de Ordem Pública, Polícia Militar, BPtur e Guarda Municipal. No encerramento da ação, Ronald Ázaro garantiu que a partir de agora a Operação Turismo Legal será frequente não só na capital, mas também no interior do Estado, principalmente em municípios que recebem um grande fluxo de turistas como Petrópolis, Búzios, Paraty e Cabo Frio.