Em 2013, a Bienal do Livro Rio comemora 30 anos e homenageia a Alemanha

[Por GL events Brasil, 14/09/2012]
A Bienal do Livro Rio chega à sua 16ª edição em 2013, quando completa 30 anos de celebração e promoção da literatura e cultura no Brasil. No próximo ano, o maior evento literário do país vai homenagear a Alemanha. De 29 de agosto a 8 de setembro, a Bienal do Livro Riovai promover o intercâmbio cultural entre os dois países e espera receber, no Riocentro, 600 mil visitantes.
O objetivo da Fagga | GL exhibitions e do Sindicado Nacional dos Editores de Livros (SNEL), organizadores da Bienal, é oferecer ao público uma programação cultural variada e dinâmica, tendo o livro como astro principal.
“Já estamos trabalhando e preparando uma série de novidades para a próxima edição da Bienal Rio. Iremos ousar mais uma vez, oferecendo aos visitantes novos espaços e uma grade de eventos diversificada, que vão aproximar ainda mais os leitores do universo literário. Aliado ao que a Bienal já tem de consagrado nesses 30 anos, queremos trazer novas experiências ao público”, afirma Tatiana Zaccaro, diretora de negócios da Fagga | GL exhibitions.
A homenagem à Alemanha – país de filósofos como Nietzsche, Kant e Marx – dará o tom à Bienal 2013 por meio de uma série de ações e eventos que, nos mais variados espaços, discutirão a cultura e a realidade deste país. “Ano que vem (2013) será o ano da Alemanha no Brasil e a Bienal do Livro Rio estará inserida nesse momento do país. A Alemanha também homenageará o Brasil durante a Feira do Livro de Frankfurt em 2013, o que demonstra a reciprocidade entre os dois países”, diz Sônia Jardim, presidente do SNEL.
A 16ª edição da Bienal do Livro Rio terá uma área de 55 mil m² no Riocentro, ocupando três pavilhões do centro de convenções, na Barra da Tijuca. A Bienal Rio é uma grande festa literária, onde os públicos mais variados podem participar de debates e bate-papos com personalidades culturais e de atividades recreativas que promovem a leitura, combinando conteúdo e diversão.
Sobre os organizadores:
Fagga l GL exhibitions
Com quase meio século de experiência em promoção e organização de feiras, conferências internacionais e eventos corporativos, a Fagga l GL exhibitions faz parte do grupo GL events Brasil, operação brasileira de uma das maiores empresas mundiais do ramo de eventos, a francesa GL events.
Com escritórios no Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Salvador, a Fagga l GL exhibitions, uma das maiores do setor, é responsável pela realização de mais de 20 feiras anuais no Brasil. Pioneira no mercado de feiras de negócios no Rio de Janeiro, a Fagga se tornou subsidiária do Grupo GL events Brasil em 2006, mas sua experiência no mercado nacional vem desde 1964 e ultrapassa a marca de 3 mil eventos realizados no Brasil e 250 no exterior.
O grupo tem consolidado posições de destaque em muitos destinos do Brasil, especialmente os de apelo regional, como Minas Gerais, Bahia, Distrito Federal e Paraná. Entre os segmentos e produtos de maior destaque estão: o setor de moda e beleza, com a realização das principais feiras, entre eles o Première Brasil, realizada em São Paulo, edição latino-americana da francesa Première Vision, maior evento mundial da indústria têxtil; o setor de construção, saneamento e infraestrutura, com as três feiras Construir (Rio, Minas e Bahia), e o setor cultural, com amplo destaque para quatro Bienais do Livro: a da Bahia, Minas, Manaus e do Rio de Janeiro. A Bienal do Rio é o maior evento literário do País, que chegou à cidade em 1983, promovida e organizada pela Fagga e pelo SNEL.
Na área esportiva, promove a Footecon; além de outras feiras como a Interseg, de Segurança Pública; a Rio Franchising, de franquias; e a Brasil Brau, feira internacional de tecnologia em cerveja.
Conheça as feiras promovidas e organizadas pela Fagga l GL exhibitions e fique por dentro do nosso calendário!
SNEL
O SNEL (Sindicato Nacional dos Editores de Livros) é uma sociedade civil que tem como objetivo o estudo e a coordenação das atividades editoriais no Brasil, assim como a representação legal da categoria de editores de livros e publicações culturais. Sua missão é dar suporte à classe nas áreas de direitos autorais, biblioteconomia, trabalhista, contábil e fiscal. A atual presidente do SNEL é Sonia Jardim, que também é vice-presidente de operações do Grupo Editorial Record.