Cerca de 80% dos hóspedes de São Paulo são brasileiros

[Por Panrotas, 03/09/2012]
Pesquisa em 44 hotéis e 17 hostels (8,7 mil unidades habitacionais – UHs) de São Paulo indica que os turistas brasileiros ainda são os que mais se hospedam na capital paulista (82,4%), com uma média de 2,4 pernoites e gastos no período em torno de R$ 1,2 mil. Quanto aos estrangeiros, seus gastos são de R$ 1,7 mil e 3,7 são os pernoites. O estudo foi realizado pelo Observatório do Turismo, núcleo de pesquisas da São Paulo Turismo (SP Turis), durante o primeiro semestre de 2012.
Os negócios e os eventos continuam sendo os interesses apontados pelos entrevistados para visitar São Paulo (somam 70,9%). O lazer vem a seguir (14,3%), com um pequeno aumento em relação ao ano passado – no primeiro semestre de 2011, foi de 12,5%. Os turistas que decidem permanecer mais tempo citam a vida noturna e as compras (total de 44,8%) como as razões principais, entretenimento e gastronomia motivam 30,9%.
A taxa de ocupação em São Paulo foi de 65,7% no período. Os gastos de viagem dos turistas foram de R$ 1.354,46, correspondendo a uma média diária de R$ 501,65. Na mesma época do ano passado, o gasto foi de R$ 1.263 com a diária média em torno de R$ 405,06.
No ranking geral, os principais países emissores internacionais continuam sendo os Estados Unidos e a Argentina, seguidos por França, Alemanha e Chile. Do Brasil, a cidade recebe hóspedes dos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Minas Gerais.