ABEOC reúne sindicatos de eventos em Goiânia

O encontro nacional da Associação Brasileira de Empresas de Eventos (ABEOC), agendado para os dias 28, 29 e 30 de setembro, no Castro’s Park Hotel (foto), em Goiânia, representa mais um passo na busca pela autoregulamentação do mercado de eventos. Cinco sindicatos de organizadores e prestadores de serviços para eventos de diferentes regiões do Brasil e o presidente da FBHA – Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação, Alexandre Sampaio, estarão presentes para trocar experiências com representantes da ABEOC em 13 estados com o objetivo de motivar a criação de sindicatos.
“Vamos aproveitar este encontro com nosso Conselho Gestor e Conselho de Presidentes Estaduais da ABEOC para discutir a questão sindical, que é muito importante para a organização e qualificação do mercado”, afirma a presidente nacional da ABEOC, Anita Pires. “Existe uma demanda de nossos dirigentes de organizar um sindicato ou de se associar a um existente, e vamos conversar com sindicatos estabelecidos para analisar a questão”, acrescenta Anita.

Avanços Conquistados

Também está programada a participação do diretor do Departamento de Estruturação, Articulação e Ordenamento Turístico do Ministério do Turismo, Ítalo Oliveira Mendes, para discutir a criação de uma agenda positiva com a ABEOC, incluindo temas como certificação, fiscalização, Cadastur, qualificação do setor e Políticas de Turismo.
Os representantes do Conselho Nacional Diretor, Conselho Fiscal e Conselho de Presidentes Estaduais da ABEOC irão trabalhar ainda nos projetos estratégicos da ABEOC e realizar uma Assembleia Geral. Em destaque na pauta do encontro a apresentação dos avanços conquistados em projetos como a autoregulamentação do setor de eventos e o Selo de Qualidade, além do planejamento do “Eventos Brasil”, o evento nacional da ABEOC, confirmado para julho de 2013, em São Paulo, com o objetivo de discutir as tendências do mercado de eventos, a profissionalização do setor e gerar oportunidades de negócios.
“A ABEOC vive um momento dinâmico e há muito que compartilharmos das realizações e avanços que estamos conseguindo”, conta Anita Pires. Com a ABEOC presente em 13 Estados, os encontros nacionais funcionam para troca de experiências de sucesso, planejamento conjunto e definições estratégicas. O Selo de Qualidade ABEOC, por exemplo, surgiu em Santa Catarina, está sendo implantado em São Paulo, e, a partir do início do programa de Gestão das Micro e Pequenas Empresas de Eventos, em parceria com o SEBRAE, terá abrangência em 12 Estados.
Segundo Anita Pires, a ABEOC vem ampliando sua visibilidade política e acompanhando as demandas de um setor de eventos em crescimento. “Junto com as entidades parcerias do Fórum de Entidades do Setor de Eventos (ForEventos) definimos objetivos comuns que atingem todo o setor e estamos chegando mais organizados para discutir com o poder público”, analisa. “Precisamos aproveitar as oportunidades do momento histórico que vive o país para buscar a autoregulamentação do setor, alterar a legislação trabalhista no que diz respeito ao trabalho eventual e melhorar os processos de licitações relacionados aos eventos”, finaliza.
[Republicado por DigNow, 21/09/2012; Feiras e Negócios, 24/09/2012]