Hotelaria brasileira tem sensível retração, aponta HotelInvest

[Por Hôtelier, 07/08/2012]
O levantamento preliminar do desempenho da hotelaria brasileira no segundo trimestre de 2012 feito pela HotelInvest mostra uma desaceleração no setor. Os dados revelaram que a taxa de ocupação nos empreendimentos teve uma redução de 5,5% no período, se comparado com o segundo trimestre de 2011.
Isso é resultado, segundo a consultoria, do aumento da oferta hoteleira em 2,6% e a redução de 3% na demanda. Mesmo com estes números, a diária média teve um crescimento de 17,3% no período e o RevPar (receita por apartamento disponível), de 10,8%.
A retração dos índices já vinha sido observada anteriormente em quase todas as praças pesquisadas – São Paulo, Salvador, Curitiba, Porto Alegre e Belo Horizonte -, e agora engloba também o Rio de Janeiro.
A receita total dos hotéis, embora tenha registrado um incremento de 13,7% em relação a 2011, também permanece em desaceleração.