Gratuito, Via Rápida Emprego ainda tem 2 mil vagas

[Por Hotelier News, 21/08/2012]
Com a expectativa de capacitar 4,5 mil pessoas até o final do semestre nas áreas de hotelaria e turismo, o programa Via Rápida Emprego, criado pelo Governo do Estado, ainda tem duas mil vagas para atender a 52 municípios paulistas. As aulas já tiveram início, mas ainda é possível participar.
Do total, 370 vagas estão distribuídas na capital e na região metropolitana, e 1.640, no interior e no litoral.
Na cidade de São Paulo há, por exemplo, oportunidades para quem deseja atuar como agente de turismo. O curso, com duração de um mês, ensina conceitos de liderança e postura, elaboração de roteiros de visitação e orientação do público durante os passeios.
Nas demais regiões do Estado há opções de formação para camareira, recepcionista, garçom, porteiro, bartender, cozinheiro ou recreacionista.
Ainda para o mercado de hospitalidade, existem cursos realizados numa unidade móvel, dotada de sala de aula para 20 alunos e dois laboratórios que simulam um quarto de hotel e um restaurante.
As capacitações profissionais nas áreas de hotelaria e turismo são realizadas em Etecs (Escolas Técnicas), em Fatecs (Faculdades de Tecnologia) e em unidades do Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) e da Avape (Associação para Valorização de Pessoas com Deficiência).
A lista completa está disponível no site do programa. As inscrições estão disponíveis e podem ser realizadas também pelo site.
Para participar é preciso ter idade mínima de 16 anos e residir no Estado de São Paulo. Os documentos necessários são RG e CPF. O nível de escolaridade exigido é variado. Os participantes recebem material didático e subsídio de transporte no valor de R$ 120. Desempregados, sem seguro desemprego ou benefício previdenciário, também têm direito à bolsa-auxílio mensal de R$ 210 durante o período do curso.
A seleção é feita pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, que considera critérios de idade, escolaridade e renda familiar dos inscritos. Quem está desempregado ou é arrimo de família, tem prioridade. Os candidatos selecionados serão informados por correspondência oficial.
Ao todo, 37.152 vagas foram oferecidas pelo programa.