GBTA Convention – O Evento dos Gestores de Viagens

[Por GBTA, 12/07/2012]
Quantas associações de classe têm prestígio para atrair ao mesmo tempo dois ex-presidentes da República dos Estados Unidos, de partidos opostos, como Bill Clinton e George W. Bush, como vai ocorrer neste ano? Ou para colocar lado a lado CEOs e altos executivos das maiores agências, hotéis, companhias aéreas e organizações que concorrem entre si acirradamente no mercado de viagens de negócios? Pois a Global Business Travel Association (GBTA), que reúne os gestores de viagens de negócios, consegue tudo isso.
“Este será o 44º ano de nossa convenção e a maior da história. Ela deve ter 6 mil participantes, de cerca de 30 países, e 400 expositores”, informa Meghan Henning, sua diretora de comunicações. O próximo evento ocorre em Boston, entre os dias 22 e 25 de julho. É quando novamente o script anual vai se repetir e um em cada quatro participantes, como gestor de viagens, planejador de evento ou comprador, será adulado por fornecedores que ou já fazem parte ou sonham em entrar para o clube. Afinal, o GBTA é a melhor maneira de se atualizar em um único lugar sobre essa extensa cadeia de valor que hoje movimenta mundialmente US$ 340 bilhões. Lá, o participante percorre uma verdadeira rota para explorar recentes tecnologias, ferramentas e tendências de viagens.
Em paralelo, pode optar por 65 sessões educacionais com lideranças e especialistas, separadas por temas e níveis de experiência, ideal para personalizar o seu aprendizado, da negociação de contratos a modelos financeiros, de segurança a políticas de viagens. Entre as novidades de 2012, Meghan cita quatro painéis de CEOs, uma nova aplicação para equipamentos móveis que permite planejar e navegar durante o evento e também a apresentação das mais recentes inovações da indústria por meio de um prêmio criado pela GBTA e a revista Fast Company. Na opinião de Wellington Costa, presidente da GBTA Brasil, essa é uma oportunidade imperdível para os profissionais brasileiros que atuam em viagens de negócio nas empresas. “Segundo informações dos participantes das convenções anteriores, somente ao aplicar em suas empresas as informações disponibilizadas durante uma convenção GBTA, geraram economias de 11% em média no orçamento de viagens corporativas”, comenta.
Além da parte educacional, existe um valor agregado para os cerca de 1,5 mil gestores de viagens que visitam o evento: o compartilhamento de informações e conexões pessoais com especialistas e profissionais, graças a numerosos eventos paralelos, que vão de tradicionais coquetéis e nababescas festas patrocinadas por fornecedores a encontros exclusivos. A convenção deste mês é uma amostra da capacidade de realização da GBTA, a maior organização do gênero, que conta com cerca de 5 mil associados permanentes. Adicionalmente, a associação dispõe de uma rede de relacionamento que chega a 17 mil pessoas, de gestores de viagens e de eventos aos fornecedores de serviços e organizadores de encontros, e também atua na educação, pesquisa e advocacia dos interesses coletivos de seus associados.