Embratur vai ampliar divulgação de cidades criativas

[Por Brasilturis, 13/07/2012]
Toda e qualquer forma de expressão da cultura brasileira que mobilize recursos econômicos é considerado tema da Secretaria de Economia Criativa, criada pelo Ministério da Cultura no ano passado. Seja moda, design, artesanato, arquitetura, carnaval, festas juninas, audiovisual, jogos eletrônicos, publicidade. Para tratar das possíveis cooperações entre esta área do governo federal e a promoção turística internacional o presidente da Embratur, Flávio Dino, recebeu a secretária de Economia do Ministério da Cultura, Cláudia Leitão, em Brasília.
“Identificamos, por meio de pesquisas, que há uma boa margem de crescimento do fluxo de entrada de turistas interessados em cultura”, afirmou Dino, ao explicar o objetivo do encontro. “Estamos apostando nesse segmento também como forma de consolidar o Brasil como um destino completo: onde o turista pode desfrutar tanto de sol e praia, quanto as mais completas infraestruturas para eventos, passando por atrações únicas de ecoturismo e vivência cultural.”
Como forma de incentivar a conexão turismo-cultura, Dino e Claudia acertaram que o edital que o Ministério da Cultura está lançando para conferir o selo de Cidade Criativa a alguns municípios contará como pontuação também em editais da Embratur. “Acredito que isso será mais um incentivo a que os destinos turísticos se qualifiquem na área cultural”, explicou ainda Dino.
Para a secretária, o Brasil é riquíssimo no que diz respeito à inovação e empreendimentos criativos. “Esses processos colaboram, ao mesmo tempo, para nossa identificação no exterior como brasileiros, assim como para a inclusão produtiva”, relacionou Claudia. Dino também colocou a Embratur à disposição do Ministério da Cultura para levar para o exterior os modelos de economia criativa como manifestação cultural do Brasil. “Além disso, podemos contribuir para a execução das políticas da secretaria, por exemplo, na institucionalização de territórios criativos (chancela de cidade criativa), onde este selo será um diferencial para a inclusão dos municípios nas ações da Embratur.”
O presidente ofereceu apoio no levantamento de informações dos eventos culturais junto às secretarias estaduais de turismo e a realização de eventos no exterior. “Nossa missão é a promoção da imagem do Brasil no mercado internacional, para atrair mais turistas e divisas, e para isso, estamos disponíveis para novas parcerias que potencializem nossos resultados”, complementou Dino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *