RTD6 Brasil: Idealizador do evento, Harold Goodwin, apresenta os resultados de 10 anos de turismo responsável

Fundador do Centro Internacional de Turismo Responsável, pequisador e professor de Gestão na Leeds Metropolitan University, Harold Goodwin apresentará um dos painéis mais importantes durante na 6ª Conferência Internacional sobre Turismo Responsável (RTD6). Ele fará uma avaliação sobre o progresso do turismo responsável na última década, perspectivas e próximos desafios para o Brasil e para o planeta.
Entre os temas, Harold Goodwin irá falar sobre o que significa para as empresas assumir a responsabilidade sobre seus impactos negativos, ao invés de repassar estes custos para os outros. “As empresas normalmente não se preocupam quando as chamamos de insustentáveis, mas não gostam quando as chamamos de irresponsáveis. Em diferentes países temos trabalhado com os governos e o setor privado para conjugar esforços e confiar uns nos outros, em vez de cada um trabalhar por si. Estamos em um momento em que a transparência é mais valorizada do que nunca; o cliente não se deixa enganar mais com filantropia e relações públicas”, diz.
O Brasil foi escolhido porque os organizadores veem o país como um dos mais promissores na próxima década para o turismo. “Se o Brasil liderar esta campanha, outros países latino-americanos o seguirão. Queremos aproveitar o momento da conferência Rio+20 para promover o conceito do turismo responsável na América Latina, fazer uma avaliação se houve um progresso real em melhorar as condições de vida e qualidade do meio ambiente nestes anos, e verificar se os projetos começados deram algum resultado”, afirma.
Em parceria com a Universidade de Brasília, o Ministério do Turismo e o Cadastur, os organizadores do evento fizeram uma pesquisa com 37 mil empresas brasileiras sobre suas atividades de sustentabilidade e a razões para atuar de forma mais responsável, que serão apresentadas pela primeira vez na conferência.
O evento acontece em paralelo à Conferência da ONU Rio +20, entre os dias 18 e 20 de junho, na Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH), na Universidade de São Paulo (USP), e reunirá especialistas de várias partes do mundo para debater sobre problemas e soluções neste segmento.
Um dos organizadores do RTD6 no Brasil é Eduardo Sanovicz, professor doutor do curso de turismo da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da USP e ex-presidente da Embratur, tendo sido responsável pela implantação do Plano Aquarela e pela criação da Marca Brasil. Entre os palestrantes destacam-se Eugenio Yunis, vice-presidente da FEDETUR Chile e ex-diretor geral do Programa de Trabalho da Organização Mundial do Turismo, que apresentará a palestra “Aprendendo com 20 anos de turismo sustentável: retórica e prática”; Geoffrey Lipmann, assessor do secretário-geral da Organização Mundial do Turismo (OMT) e diretor da Greenearth Travel, rede global de promoção ao desenvolvimento verde em viagens, que falará sobre os avanços dos governos e organizações internacionais na direção do desenvolvimento sustentável; Harold Goodwin, que recapitulará os dez anos de Turismo Responsável (2002-2012) e quais as lições do período; do Brasil, Jeanine Pires, presidente do Conselho de Turismo e Negócios da Fecomércio, discorrerá sobre desenvolvimento sustentável e o sucesso do Brasil como destino turístico.
A primeira edição da Conferência Internacional sobre Turismo Responsável aconteceu na Cidade do Cabo, na África do Sul em 2002, e foi organizada pela Western Cape Tourism como evento paralelo do World Summit on Sustainable Development (Rio+10), que ocorreu em Johanesburgo, 10 anos depois da ECO-92.
A Conferência baseou-se na experiência sul-africana na busca de implementar sua política nacional de Turismo Responsável e também na experiência de outros destinos para desenvolver uma abordagem internacional do turismo como instrumento capaz de “transformar espaços sustentáveis em lugares melhores”. O evento contou com representantes da Organização Mundial do Turismo (OMT), United Nations Environment Programme (UNEP), Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) e várias outras organizações.
A programação pode ser consultada no site www.gtci.com.br/rtd6. As inscrições devem ser feitas online e custam R$ 275. O credenciamento para jornalistas poderá ser feito diretamente na B4T Assessoria+Comunicação, com Patrícia Ribeiro: patrícia@b4t.com.br ou (11) 2307-3503 ramal 21.
Serviço:
6ª Conferência Internacional sobre Turismo Responsável
Como medir o progresso e os avanços do turismo sustentável desde 1992?
Data: De 18 a 20 de junho de 2012
Local: Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH), Universidade de São Paulo (USP)
Endereço: Rua Arlindo Béttio, 1000 – São Paulo – SP – Brasil
Período de inscrição: De 02 de abril a 15 de junho de 2012
Taxas de inscrição: R$ 275,00
Inclui: participação nas conferências, coffee-break e certificado.
Sobre a Conferência Internacional sobre Turismo Responsável – A primeira edição aconteceu na Cidade do Cabo, em 2002, como evento paralelo do World Summit on Sustainable Development (Rio+10), que ocorreu em Johanesburgo, 10 anos depois da ECO-92. Desde 2008, o evento acontece anualmente, organizado por uma instituição do país que o recebe e co-organizado pelo Prof. Harold Goodwin, criador da Conferência. Comitê organizador para a 6ª edição: Grupos de Pesquisa Turismo, Conhecimento e Inovação (TCI) da EACH-USP, Brasil; International Centre for Responsible Tourism (ICTR), Leeds Metropolitan University, Inglaterra.
[Por B4T Assessoria+Comunicação, 05/06/2012]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *