Hotelaria do Brasil vai aderir a importante projeto sustentável

[Por Brasilturis, 26/06/2012]
Nesta quarta (27), uma importante reunião em Brasília, no Ministério de Minas e Energia. O presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA), Alexandre Sampaio, vai confirmar o anúncio feito durante a Rio+20, consagrando a adesão da hotelaria nacional a um grande projeto de sustentabilidade. que deverá garantir reduções de até 30% nos gastos de energia dos hotéis e uma economia para o governo de até R$ 208 milhões de investimentos.
De acordo com um estudo realizado pela FBHA, o setor de hotelaria e alimentação representa 13,40% do consumo de energia dentro do setor comercial no Brasil, correspondendo a 7.301,4 GWh. A implantação do programa Pró-Hotéis pelo país pode gerar economias de 30%, que corresponderiam a uma usina virtual com potência aproximada de 187 MW.
O projeto, que envolve o programa de eficiência energética Pró-Hotéis (PPH), é resultado do engajamento da FBHA e demais entidades hoteleiras junto ao Ministério do Turismo e ao Ministério de Minas e Energia.
Para estimular os investimentos no programa e o desenvolvimento sustentável do setor, a hotelaria propôs ao governo uma contrapartida de desoneração nas tarifas de energia, um dos maiores gastos de um hotel atualmente. “Buscamos a oportunidade de pagar tarifas industriais, ao invés de comerciais”, explicou Alexandre Sampaio, que estará na capital federal com o intuito de fechar o acordo.