Embratur anuncia repasse de recursos e pede 50% a mais para promoção

[Por Mercado e Eventos, 05/06/2012]
Durante reunião do Fornatur, na sede da Embratur, em Brasília esta tarde, o presidente da Embratur, Flavio Dino, anunciou o acréscimo de 50% da proposta orçamentária do órgão. Em sua participação na reunião do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Tursimo – Fornatur, Dino disse que a solicitação ao Ministério do Planejamento foi feita nesta segunda-feira (04/06). Atualmente a Embratur trabalha com um orçamento de R$ 180 milhões por ano. “Temos a convicção e importância desse pleito”, afirmou.
Na ocasião, Flávio Dino apresentou aos representantes estaduais do setor turístico as principais ações da Embratur para os próximos dois meses que inclui a promoção e captação de eventos nacionais e internacionais, promoção de voos charteres, situação hoteleira do país, turismo cultural, ações na Rio+20 e nas Olimpíadas de Londres e apresentou, ainda, o novo material promocional das campanhas a serem implantadas.” A ideia é disponibilizar R$ 3,8 milhões para captação e promoção de eventos internacionais”, prometeu. Ele fez também um balanço das realizações em 2011. ” Sediamos no ano passado, 304 eventos internacionais em 57 cidades diferentes. Um aumento de 390% se comparado a 2003″, destacou.
A ênfase do presidente foi para a área da hotelaria do país, onde propôs a criação de parâmetros para observação e acompanhamento de preço das diárias no Brasil, tendo em vista o ocorrido no início do mês na Rio+20, onde delegações estrangeiras cancelaram a participação do evento devido aos valores oferecidos pelo mercado hoteleiro carioca. “Não é monitoramento de preço, mas um acompanhamento para identificar eventuais abusos e a prática de cartéis. É esse senso de responsabilidade que temos que ter”, explicou Dino. “Se o Brasil ficar como a imagem de um destino caro, teremos muitas perdas no produto turístico do país”, concluiu.
Na pauta de discussões, verbas descentralizadas nacional e internacional além do Programa de Qualificação e Formação Profissional, Pronatec, para os estados brasileiros.De acordo com o secretário de Turismo do Maranhão Jura Filho, é de fundamental importância discussões em torno das políticas descentralizadas e também o acesso ao programa de qualificação profissional.“Temos projetos e ações que estão sendo colocados como prioritários pelo governo, e sem dúvida a qualificação e aperfeiçoamento da mão de obra é um deles, portanto estamos buscando unir forças com os demais estados para pleitearmos benefícios para o setor turístico do nosso país e consequentemente do nosso Maranhão”, explica.
Seguindo agenda de trabalho na capital federal, Jura Filho, também se reuniu com Flávio Dino, para tratar assuntos referentes a realização de Festivais Gastronômicos em feiras internacionais do setor e ainda captação de jornalistas internacionais para visita in loco aos destinos maranhenses durante realização do Rally dos Sertões que acontece no mês de agosto como parte das comemorações dos 400 anos de São Luís.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *