Centro de Eventos já acelera captação de eventos para o Ceará

[Por O POVO Online, 22/06/2012]
A proximidade da inauguração do Centro de Eventos do Ceará já movimenta o setor de eventos e de turismo de negócios no Estado. Apesar de ainda não divulgar números, a Secretaria do Turismo do Estado (Setur) afirma que já existem eventos contratados para o segundo semestre e reservas de datas até 2018.
O equipamento recebe o primeiro evento no dia 30, com os shows da cantora Ivete Sangalo e da norte-americana Jennifer Lopez. A inauguração oficial será em 15 de agosto, com show do tenor espanhol Placido Domingo. A partir da data, o calendário do Centro já começa a ser preenchido.
Mirna Vale, diretora de Captação e Promoção da ARX Eventos, afirma que o Centro de Eventos já mudou o cenário do setor. “Em 2010 e 2011, o mercado ficou relativamente parado porque estávamos na expectativa da inauguração, mas o quadro já mudou e a estrutura disponível facilita o convencimento de potenciais clientes”, afirmou. A empresa realizará dois eventos no espaço em 2012 e está em fase de negociação para 2013. O primeiro deles, o IV Congresso Internacional de Odontologia, ocorre de 12 a 15 de setembro, com estimativa de público de 7 mil pessoas.
As ações de captação de negócios que utilizem o equipamento têm sido intensificadas. Colombo Cialdini, presidente do Fortaleza Convention & Visitors Bureau explica que o processo de captação leva em consideração as potencialidades do destino – rede hoteleira, estrutura de lazer, belezas naturais, entre outras – e dura de três a cinco anos, no caso de eventos nacionais, e cinco a oito para os internacionais.
Segundo ele, a construção do Centro de Eventos, o segundo maior e mais moderno do País, aumenta a competitividade da cidade para receber eventos de grande porte e que o foco é incrementar o turismo de negócios, processo que tem impacto sobre 54 diferentes setores da economia, como empresas promotoras de eventos, hotéis, restaurantes e serviços.
Gabrielle Nobre, presidente da Associação Brasileira das Empresas de Eventos do Ceará (Abeoc-CE), disse que o Centro possibilitou a ampliação da prospecção de novos negócios. “Fortaleza perdia muitos eventos pela falta de uma estrutura adequada”, declarou ela.
O quê
ENTENDA A NOTÍCIA
A previsão é de que, após construído, o Centro de Eventos ofereça 400 empregos diretos e dois mil empregos indiretos. O número pode variar de acordo com o porte do evento. O estacionamento do Centro está preparado para receber 3.200 automóveis.
Saiba mais
A presidente da Câmara Setorial de Eventos
(CS Eventos), vinculada à Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), Circe Ponte, informou que está em fase de elaboração um projeto de captação a ser apresentado ao Governo do Estado.
Terá sugestões dos representantes do setor de turismo a fim de criar um movimento dinâmico em torno dos negócios que poderão ser gerados com a construção do Centro de Eventos.
Um dos pontos a serem abordados é a elaboração de um pacote de incentivos estaduais para dar mais competitividade à cidade na captação de eventos de grande porte.