Embratur recebe apoio de estados para divulgar a Copa no Brasil

[Por Mercado e Eventos, 03/05/2012]
O presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Flávio Dino, recebeu na noite de ontem, dia 2, em Brasília, o presidente do Forúm Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo (Fornatur) e secretário de Turismo da Bahia, Domingos Leonelli, e o secretário de Turismo de São Paulo, Márcio França. A pauta do encontro foi o projeto da Embratur que prevê a realização de 14 eventos em diferentes países para divulgar o Brasil como sede da Copa do Mundo Fifa 2014.
“A iniciativa vai divulgar os atrativos turísticos de cada uma das cidades-sede e seus entornos, contribuindo para a entrada e circulação dos turistas estrangeiros durante o mundial”, explicou Dino em relação ao Projeto. Ainda de acordo com ele, cada cidade será “anfitriã” de uma edição do evento, decidido por sorteio, que também contará com a presença dos demais estados. Os países escolhidos são os mercados prioritários de atuação da Embratur, que são Argentina, Chile, Colômbia, Peru, Uruguai, Estados Unidos (com duas edições), México, Alemanha, Espanha, França, Inglaterra, Itália e Portugal.
Durante o encontro, o presidente do Fornatur e o secretário de Turismo de São Paulo manifestaram apoio à iniciativa da Embratur e se disponibilizaram a auxiliar a organização dos eventos. “Queremos nos preparar para mostrar aos turistas exatamente os produtos turísticos que ele procura”, disse França. Na ocasião, Dino foi convidado a participar do Salão Baiano de Turismo, evento que reunirá os principais destinos, produtos e segmentos do mercado turístico do estado. “É uma boa oportunidade para ver a estrutura que dispomos e os atrativos que podemos levar a outros países”, destacou Leonelli.
Os eventos da Copa terão um dia de duração, com a realização de workshops e atrações como o Vivência Brasil, que reunirá gastronomia e apresentações culturais com música e dança. A primeira edição acontecerá em julho, no Chile, e terá Brasília como cidade em destaque.