Travelweek: Evento gera boa repercussão entre participantes

[Por Hôtelier News, 13/04/2012]
A segunda edição da Travelweek São Paulo, que acontece no Pavilhão da Bienal, na capital paulista, se encerra hoje (13). Em meio à profusão de feiras e workshops organizados por agências, operadoras e associações, este evento destaca-se não só pela localização, mas por sua organização. O resultado é a satisfação e os elogios por parte dos participantes.
Em vez de corredores em zigue-zague que obrigam o agente de viagens a visitar todos os estantes, a Travelweek oferece a oportunidade de um contato bastante objetivo. Os profissionais agendam horários com os expositores, e vice-versa. Para muitos hoteleiros, a grande vantagem é receber apenas pessoas interessadas em fazer negócios e conhecer o empreendimento.
Ruth Werblowsky, do setor de Vendas do Estrela D’Água, explica que já havia participado do evento em 2011 e obteve resultados muito positivos. Os presentes “reincidentes” são muitos: entre os brasileiros, a Vila Naiá, o Hotel Toriba, as unidades do Fasano, o Txai Itacaré, entre outros. Natália Lima, do E.Group, é uma delas, e afirma que este é um “investimento que vale a pena”.
“É uma feira muito produtiva, ainda mais neste momento pelo qual o Brasil está passando. Vem ao encontro do segmento em que atuamos com unidades como o Pestana Convento do Carmo”, diz Carolina Almeida, gerente de Vendas América do Sul e Europa do Pestana. Para ela, uma das grandes vantagens é poder agendar encontros com as agências. “Ano que vem, queremos trazer o Pestana Palace [em Lisboa]”, completa.
Interesse estrangeiro
O grande destaque do evento foi, no entanto, a massiva presença de estrangeiros. Destaque para destinos tradicionais, como a Itália e a França, que foram representados por uma série de empreendimentos. Entre os hermanos da América do Sul, estiveram presentes não só hotéis da Argentina, já famosa entre os brasileiros, mas também países como o Chile e o Peru.
Silvana Caimi, gerente de Vendas do Ritz-Carlton Santiago, mostrou-se surpresa com a forte demanda. “Minha agenda de reuniões marcadas está praticamente cheia”, diz, em referência aos encontros pré-agendados com os agentes. Thomas Steiner, assistente de Marketing e Vendas do Grand Hotel Villa Castagnola, faz coro, afirmando que somente o contato com os profissionais brasileiros já é um grande benefício deste evento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *