Modelo de franquia aparece em alta para negócios de turismo

[Por Hôtelier News, 16/03/2012]
A inauguração de 192 novas franquias de negócios de turismo, em 2011, mostra que os serviços do setor estão em alta no País. De acordo com a ABF (Associação Brasileira de Franchising), o faturamento das 864 unidades franqueadas de hotéis e agências de viagem cresceu 85,8% – cinco vezes mais que a média dos demais segmentos.
“O empresário está atento ao crescimento da demanda. Quando os investimentos aumentam, significa que há sinais claros de que a demanda está em evolução”, pondera José Francisco Salles Lopes, diretor de Estudos e Pesquisas do Ministério do Turismo. Segundo ele, apesar do cenário internacional de retração econômica em 2011, o turismo brasileiro bateu todos os recordes em desembarques domésticos, internacionais e em receita cambial.
O expressivo crescimento dos setores de Hotelaria e Turismo se deve, principalmente, à TAM Viagens, que inaugurou 115 operações ao longo de 2011. A cadeia de hotéis Accor também inaugurou oito novas unidades e o hostel Che Lagarto, 11 novas operações no Brasil.
A soma das riquezas produzidas pelo setor de turismo, no ano passado, superou os R$ 127 bilhões, sob a ótica da oferta. Até 2020, o País deve quase duplicar essa participação. A estimativa do governo federal brasileiro é alcançar a terceira posição entre as economias turísticas mundiais até 2022.
De acordo com dados do WTTC (Conselho Mundial de Viagem e Turismo), 9% do País deverá trabalhar com o setor até 2022.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *